Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Acordo entre Funai e MPF deve afugentar investidores de MS

27 JUL 2008Por 23h:14
     

        O Termo de Ajustamento de Conduta firmado pela Funai (Fundação Nacional do Índio) e pelo Ministério Público Federal, e publicado no Diário Oficial da União no dia 10 passado, envolvendo 26 municípios que terão parte de suas áreas cultiváveis entregues aos indígenas, de acordo com o economista Normann Kalmus, deverá afugentar investimentos importantes previstos para a região, como usinas de álcool e pesada produção de cana. Os projetos de desenvolvimento, principalmente da instalação de usinas, serão atingidos fortemente, porque nenhum investidor vai construir grandes empreendimentos para depois ter de abandoná-los, porque a área pertence a índios. (matéria completa no Correio do Estado desta segunda-feira)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também