Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

SÃO PAULO

Acidentes em parques de diversões e playgrounds fazem quatro vítimas por dia

25 JUL 12 - 17h:35agência brasil

Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde mostrou que 1.641 pessoas se feriram em acidentes dentro de playgrounds e parques de diversões durante o ano passado. Foram, em média, 4,49 internações por dia em todo estado de São Paulo. De acordo com o médico supervisor do Grupo de Resgate e Atendimento a Urgência (Grau), Gustavo Feriani, as crianças se ferem, geralmente, nos playgrounds, enquanto o público adulto, em sua maioria, se acidenta em parques de diversões.

A pesquisa revelou que a faixa etária de 20 a 39 anos liderou o número de acidentes, representando 36% do total de casos. O médico diz que, muitas vezes, as pessoas nessa idade excedem limites e se expõem mais a riscos. Segundo Feriani, grande parte dos acidentes ocorre por quedas de brinquedos ou lesões quando, por exemplo, a pessoa bate o rosto contra a cadeira dos carrinhos. “Um exemplo comum é o carrinho bate-bate, que tem o cinto mais frouxo. Ela [pessoa] pode bater o corpo contra o volante ou contra o próprio metal do brinquedo”, disse.

Dependendo do tipo de acidente, os resultados podem ter consequências danosas para a saúde. “As pessoas podem ter traumatismos de crânio, face, coluna e abdominal, levando a sequelas muitas vezes irreversíveis”, disse. A maioria dos casos, no entanto, não costuma ser grave.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Regina Duarte chega a Brasília e diz que decisão sobre cargo não sai nesta quarta
SECRETARIA DE CULTURA

Regina Duarte chega a Brasília e diz que decisão sobre cargo não sai nesta quarta

Justiça bloqueia R$ 45,1 milhões de empresas e suspende contrato com governo
SISTEMA DA POLÍCIA

Justiça bloqueia R$ 45,1 milhões de empresas
e suspende contrato

Coordenador de fronteiras não crê que fugitivos do Paraguai estejam no Brasil
FUGA EM MASSA

Coordenador de fronteiras não crê que fugitivos estejam no Brasil

Morenão recebe laudos, mas uso no Estadual será confirmado até sexta-feira
FUTEBOL

Morenão recebe laudos, mas uso no Estadual será confirmado até sexta-feira

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião