segunda, 16 de julho de 2018

fim de ano

Acidentes de trânsito matam dois e ferem nove

3 JAN 2011Por DANIELLA ARRUDA E MARIA MATHEUS00h:03

Duas pessoas morreram e nove ficaram feridas em três acidentes registrados em rodovias de Mato Grosso do Sul entre a noite de sábado e a manhã de ontem. Na MS-080, rodovia que liga Campo Grande a Rochedo, um ciclista foi a óbito depois de colidir com uma motocicleta, por volta das 20h de anteontem. Às 23h30min do mesmo dia, um motociclista morreu após perder o controle da direção da Honda CB 300 que dirigia e cair do veículo, na BR-158, região de Paranaíba. O terceiro acidente, envolvendo um táxi e um Fiat Palio, foi registrado na manhã de ontem na BR-262, na saída para Cuiabá, deixando oito pessoas feridas, entre elas três crianças.

Colisão entre moto e bicicleta resultou na morte de Joel Pereira Marcolino, 48 anos, na noite do último sábado. O acidente, conforme registro policial, aconteceu na MS-080, sentido Campo Grande/Rochedo. O condutor da motocicleta Honda Biz, identificado como Robson Abel Escobar de Oliveira, 26 anos, foi socorrido em estado grave e conduzido para a Santa Casa pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Já o motociclista Liezio Ferreira de Queiroz, 41 anos, morreu no final da noite de sábado depois de perder o controle da moto quando fazia a conversão em uma rotatória na BR-158, que dá acesso à cidade de Paranaíba. O condutor acabou subindo com o veículo na rotatória e chocou-se contra um coqueiro. O Corpo de Bombeiros chegou a socorrê-lo com vida, mas Liezio não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada no hospital de Paranaíba.

 

Capital

Colisão frontal envolvendo um táxi com placas do Rio de Janeiro e um Fiat Palio de Mato Grosso do Sul mobilizou pelo menos seis viaturas do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na região da saída para Cuiabá, a cerca de 15 quilômetros da Capital, por volta das 9h20min de ontem. As vítimas foram levadas para a Santa Casa, unidade de pronto atendimento (UPA) do Coronel Antonino e Centro 24 Horas do Nova Bahia.

O motorista do táxi, Edivaldo Rodrigues, informou que seguia no sentido Cuiabá-Campo Grande, em companhia da esposa, da filha e de um sobrinho. A família havia passado o Natal em Poxoréu (MT), onde residem os pais do condutor, e estava retornando para o Rio, acompanhada por parentes em outro veículo, quando ocorreu o acidente.

Ainda de acordo com Edivaldo Rodrigues, o Palio de Mato Grosso do Sul trafegava na direção contrária e ao virar para entrar à esquerda em uma chácara, os dois veículos colidiram de frente, em seguida rodaram e saíram da pista. A esposa do taxista, Sheila Cunha, 30 anos, e a filha do casal, Luana Cunha, de um ano e 11 meses, ficaram feridas e tiveram que receber atendimento médico em Campo Grande.

A irmã de Edivaldo, Sônia Rodrigues, que seguia o táxi em um veículo Astra, contou que a cunhada "machucou o pé e a perna" e a sobrinha sofreu ferimentos "na cabeça (rosto) e na costela". O taxista e seu sobrinho, Harryson Rodrigues, 18 anos, tiveram apenas ferimentos leves mas também foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para a Capital.

O outro veículo, um Fiat Palio de cor vinho com placas de Caarapó, era conduzido por Reginaldo Gardim, que sofreu somente escoriações. Já a esposa do motorista, Lidiane de Oliveira, desmaiou após o acidente e foi encaminhada para a Santa Casa. Também tiveram ferimentos leves a filha do casal, Williane de Oliveira Gardim, seis anos, e a sobrinha Larissa de Oliveira Avelar, de 11 anos. (Colaborou Karine Cortez)

Leia Também