Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BR-262

Acidente com caminhão e 3 carros deixa médica ferida

Acidente com caminhão e 3 carros deixa médica ferida
08/03/2014 12:00 - DA REDAÇÃO


Uma ultrapassagem sob forte neblina por volta das 5h30min de hoje (8), na rodovia BR-262, a cerca de 50 km de Ribas do Rio Pardo (MS), terminou em um grave acidente envolvendo três veículos e um caminhão carregado com resíduos de ovos. De acordo com o morador de Campo Grande (MS), Rodrigo Correia, 25 anos, ele seguia em seu veículo, um Peugeot 207HB, acompanhado da esposa Hiana Correia, 26, sentido Água Clara (MS). Em outro veículo, logo atrás, um Celta de cor preta com placas da Capital, estavam os seus amigos Bruno Freitas, 25, e a esposa dele, Denise Bathel, 18.

Em um terceiro veículo, modelo Onix, seguiam outros amigos. O destino era a cidade de São José do Rio Preto (SP) para uma festa de casamento. Na frente dos três carros, seguia um Ecosport com placas de Três Lagoas (MS), que por volta das 5h30min, ultrapassou um caminhão e, devido a forte neblina, não conseguiu enxergar o caminhão basculante que vinha na pista contrária, sentido Ribas do Rio Pardo (MS), colidindo frontalmente.

Com a batida, o Ecosport conduzido pela médica L.M da S.M, 36, de Três Lagoas (MS), rodou na pista, batendo no Peugeot e no Celta. Além da médica, no Ecosport estava o marido dela, de 32 anos, uma sobrinha, de 24, e uma idosa, de 72. O motorista do caminhão atingido era Márcio Alessandre (33), que mora em Água Clara (MS), e seguia com resíduos de ovo que seriam descarregados em Campo Grande (MS). 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) bloqueou a BR por cerca de três horas, causando uma fila de veículos de dezenas de quilômetros. A Polícia Militar de Ribas do Rio Pardo (MS) também trabalhou no socorro e ajudou na coordenação do trânsito. Duas unidades de socorro foram deslocadas de Ribas do Rio Pardo (MS) para o local. Uma equipe do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), e uma ambulância UTI. De Campo Grande (MS), três unidades do Corpo de Bombeiros foram acionadas e também fizeram atendimento no local.

A médica ficou presa às ferragens. Os militares do Corpo de Bombeiros isolaram o local e precisaram utilizar um desencarcerador para retirar a vítima. Ela foi encaminhada para Santa Casa de Campo Grande com fraturas graves nas pernas. A mãe dela e a sobrinha foram encaminhadas para o Hospital 19 de Março, em Ribas.

(Com informações da Rádio 90FM)

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.