Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Acidente causa duas mortes no macroanel

Acidente causa duas mortes no macroanel
24/01/2010 06:50 -


Dois homens morreram em acidente na BR-163, no macroanel de Campo Grande, ontem à tarde. Eles ocupavam o Passat de placas CCJ-9916, que desgovernado, rodou, invadiu a pista contrária e bateu no caminhão Volkswagen de placas DBL- 7039. A colisão aconteceu por volta das 17h, entre as saídas para Três Lagoas e Cuiabá. O veículo das vítimas partiu-se ao meio. O macroanel passa por obras e as pedras usadas no recapeamento podem ter provocado o descontrole do carro. Até o fechamento desta edição, os homens não tiveram os nomes confirmados pelas equipes de socorro. O condutor do caminhão, Reinaldo Miguel de Souza, de 39 anos, contou que viu apenas quando o carro rodopiou e foi em sua direção. “Eu estava indo em direção a Cuiabá e o Passat vinha no sentido contrário. Foi tudo muito rápido, ele rodou e aconteceu a pancada”, lamentou o caminhoneiro, que viajava de São Paulo a Vilhena (RO). Segundo ele, nos 21 anos em que tem carteira de motorista e este foi o primeiro acidente em que se envolveu. A esposa de Reinaldo, identificada como Vanda, ficou em estado de choque e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal estiveram no local. Testemunhas relataram que, devido às obras no macroanel feitas pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o trânsito é liberado em uma pista por vez. No momento do acidente, o tráfego era permitido no sentido Três Lagoas-Cuiabá. “O carro veio de frente, contra os veículos que est avam t ra fega ndo normalmente. Nós tivemos que desviar para não bater”, relatou Estefano Romero Ribeiro. “Faltou melhor sinalização”, completou. Com o impacto, as vítimas morreram na hora. Partes dos corpos ficaram na pista. Com a interdição da via, houve congestionamento dos dois lados.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...