terça, 17 de julho de 2018

Flagrante

Ação conjunta prende sete pessoas e apreende material de campanha

3 OUT 2010Por VERA HALFEN13h:03

Uma ação conjunta entre Ministério Público Eleitoral e a Polícia Militar, apreendeu, na madrugada de hoje, cerca de meia tonelada de material de campanha, em Goiás e prenderam sete pessoas em flagrante transportando material de divulgação de candidatos. Além das apreensões, 21 pessoas foram detidas fazendo boca de urna.

O material foi encaminhado para a sede do Ministério Público Eleitoral em Goiás. O procurador Regional Eleitoral Alexandre Moreira Tavares dos Santos pediu ontem ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que a Polícia Militar efetuasse a apreensão de materiais de propaganda política em todo o Estado. O pedido foi acolhido pelo juiz auxiliar Alexandre Magno de Almeida Guerra Marques.

A legislação eleitoral prevê que constituem crimes, no dia da eleição, a propaganda de boca de urna e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

Com informações da Agência Brasil

Leia Também