Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Acadêmicos fazem manifestação contra preconceito

10 DEZ 2008Por 08h:58
     

 

 

Cerca de 35 estudantes de universidades da Capital fazem um manifesto, nesta manhã, em repúdio a um ato de preconceito sofrido pela acadêmica de zootecnia da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) Joyner Alcântara.

Hoje é comemorado 60 anos de Declaração dos Direitos Humanos, e os acadêmicos pretendem caminhar pela Câmara dos Vereadores, OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul), Assembléia Legislativa e Ministério Público.

 

De acordo com os alunos, Joyner Alcântara (índia Teréna) foi vítima de preconceito no dia 10 de novembro no campus da UCDB, quando foi discriminada por duas pessoas que divulgavam um evento organizado por entidades ligadas ao setor rural, que seria realizado no 11 daquele mês na Assembléia Legislativa pedindo mudanças no Estatuto do Índio.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também