quinta, 19 de julho de 2018

SAÚDE

Academias ao ar livre ajudam a melhorar a qualidade de vida

13 FEV 2011Por Evelyn Souza08h:00

As academias ao ar livre mudaram o cenário de parques e unidades de saúde da Capital e ajudam a melhorar a qualidade de vida dos campo-grandenses. Os aparelhos de atividades físicas que estão instalados em 15 bairros da cidade atendem cerca de 2.500 pessoas entre jovens, adultos e idosos.

De acordo com a gerente técnica das atividades físicas da Secretaria Municipal de Saúde Pública, Enelita Maria Marzon a primeira academia foi implantada em fevereiro de 2010 através do projeto Viver Legal da Prefeitura de Campo Grande, que existe desde 2005.

Atualmente, a Secretaria de Saúde é responsável por equipamentos montados em dez unidades de saúde, sendo que duas ainda estão em processo de instalação e devem ser inauguradas em março deste ano. “A previsão é que até 2012, vinte academias sejam instaladas”. Segundo a gerente técnica, profissionais de educação física acompanham e orientam a população durante as atividades. Moradores que desejam participar do programa podem buscar informações nas próprias unidades.

De acordo com Enelita, o projeto Viver Legal oferece ainda avaliação física, caminhada orientada, hidroginástica, dança regional, dança circular, tênis de mesa, capoeira, liang Gong, Tai Chi Chuan, ginástica localizada, oficina de artesanato, entre outras. “Todos os atendimentos são oferecidos gratuitamente à população”, esclarece.

Todas as idades

Outras cinco academias que estão instaladas no Belmar Fidalgo, Parque Ayrton Senna, Horto Florestal, Parque Jacques da Luz e no CCI Vovó Ziza são de responsabilidade da Fundação Municipal de Esporte (FUNESP).

De acordo com o presidente do órgão, Carlos Alberto Assis, as academias são prioridade para a terceira idade mas podem ser usadas por toda a população. “ As academias são liberadas para os moradores, a chamamos de academias para todas as idades”, diz.

Em relação ao horário de atendimento ele explica. “As academias não têm horário estipulado de funcionamento, ficam disponibilizadas durante o expediente dos parques”.

Carlos Alberto revela que existe um projeto de instalação de mais dez academias que devem ser implantadas de acordo com a necessidade dos bairros.

Confira os endereços das academias:

FUNESP

Local

Bairro

Belmar Fidalgo

Centro

Parque Ayrton Senna

Aero-Rancho

Jacques da Luz

Moreninhas

CCI Vovó Ziza

Tiradentes

Horto Florestal

Amambai

 

 

SESAU:

 

Local

Bairro

Praça do Jockey Club

Jockey Club

Perímetro da lagoa Itatiaia

Tiradentes

Praça do Coophasul

Coophasul

Unidade Básica de saúde Albino Coimbra

Santa Carmélia

Unidade Básica de saúde da Família

Tarumã

Unidade Básica de saúde do Coophavila 2

Coophavila 2

Unidade básica da Saúde da Família Mario Covas

Mario Covas

Unidade Básica de Saúde Iracy Coelho

Iracy Coelho

Unidade Estratégia de Saúde Serradinho

Serradinho

Unidade Estratégia de Saúde Parque do Sol

Dom Antônio Barbosa

Leia Também