Sábado, 20 de Janeiro de 2018

ABTA deve entrar com recurso contra decisão da Anatel

18 ABR 2009Por 22h:30
     Em comunicado enviado à imprensa no final da tarde de ontem, a ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura) esclarece que a decisão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), de proibir cobrança de mensalidade pelo ponto-extra de TV por assinatura, "não tem teor conhecido nem eficácia imediata".
        Além disso, segundo a Associação, "referida decisão pode ser, e provavelmente será, objeto de recurso administrativo".
        "Apenas a partir da conclusão do processo administrativo, as operadoras terão condições de conhecer e se adequar às normas editadas pela Anatel, sem prejuízo de medidas judiciais que possam suspender seus efeitos", conclui o comunicado. Fonte: InfoMoney
        

Leia Também