Sábado, 23 de Junho de 2018

Abin vai investigar escutas telefônicas do Supremo

31 AGO 2008Por 11h:36
     

Da redação

 

A Abin (Agência Brasileira de Inteligência) abriu investigação interna para apurar se houve envolvimento de agentes secretos em escutas clandestinas em telefones do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes.

A abertura de sindicância foi motivada por reportagem publicada pela revista "Veja" desta semana, que reproduz uma conversa telefônica de Mendes com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), no dia 15 de julho. Mendes e o senador confirmaram ontem (30) o diálogo.

 

Com informações da Folha Online

 

Leia Também