segunda, 23 de julho de 2018

SIDROLÂNDIA E DOIS IRMÃOS DO BURITI

Aberto caminho, com decisão do Tribunal Regional Federal, para despejo de 2 mil terenas

25 JUN 2012Por Região News19h:10

Tão logo seja publicado o acórdão da decisão do Tribunal Regional Federal da 3º Região de São Paulo, que semana passada, por 6 votos a 3 acatou o recurso dos fazendeiros e não reconheceu como terra indígena os 17,2 mil hectares localizados entre Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti, que os terenas reivindicam como parte da Reserva Buriti, os proprietários vão pedir no Judiciário de Mato Grosso do Sul a reintegração de posse de 9 fazendas que foram ocupadas por aproximadamente 2.000 índios.

Em uma destas áreas, a 3R que está ocupada desde 2010, há 800 índios acampados. Ano passado o fazendeiro Roberto Bacha obteve no Tribunal de Justiça liminar determinando a retirada dos índios. A Funai conseguiu derrubar a liminar com base na decisão de uma turma do próprio TRF (com três desembargadores) que reconheceu como área indígena esta propriedade como parte dos 17,2 mil hectares reivindicados pelos terenas.

Diante da decisão favorável do TRF, Bacha está confiante de que retomará a posse dos 300 hectares da 3 R. Em abril de 2010 Bacha saiu de casa somente com os pertences pessoais na quinta invasão da propriedade desde 2000.

Leia matéria completa clicando aqui

Leia Também