Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Abertas inscrições para festival em Cuiabá

19 MAI 10 - 20h:18

O Instituto Cultural América (Inca) está com inscrições abertas para o 17º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, que será realizado de 20 a 26 de setembro e, pelo segundo ano consecutivo, no Cineteatro Cuiabá. Neste ano, o tema do evento é "Eldorado", numa alusão à mítica que envolveu a chegada dos primeiros europeus na América, dos espanhóis Pizarro a Cabeza de Vaca. Conta a lenda que, no interior do continente, havia um rio onde um rei ao se banhar em suas águas tinha seu corpo coberto por ouro – o El Dorado.

O mito, presente em diversos países do continente, em especial o Brasil e particularmente Mato Grosso, conta ainda que no interior de suas selvas encontrava-se uma cidade perdida repleta de ouro. De forma impressionante o mito do eldorado é revisitado em "entradas e monções" dos bandeirantes paulistas no século XVIII, por estrangeiros ilustres que adentraram a região, de Langasdorff a P. W. Fawcet. Atualmente o Estado vive a corrida da descoberta de um novo eldorado, o ouro verde da soja. Mas até quando?

Os interessados podem se inscrever até o dia 30 de junho nas categorias de vídeo, videoclipe mato-grossense e curta-metragem. Para tanto, basta baixar a ficha de inscrição no site do evento, no qual também consta o regulamento. O endereço eletrônico é o www.cinemaevideocuiaba.org. (CM)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

COMITIVA

OCDE conclui missão no Brasil sobre medidas de combate à corrupção

Cuesta deixa escapar acerto do Internacional com o técnico argentino Coudet
FUTEBOL

Cuesta deixa escapar acerto do Internacional com o técnico argentino Coudet

ASILADO NO MÉXICO

Em novo dia de protestos, Evo diz que pode voltar à Bolívia para 'pacificar' país

BRICS

Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião