Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

IBGE

Abate de bovinos e suínos cresceu no País

31 MAR 11 - 16h:09AGÊNCIA BRASIL

O abate de bovinos fechou o ano de 2010 com uma alta de 4,3% em relação a 2009, de acordo com a Pesquisa Trimestral de Abate de Animais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2010, 29,665 milhões de cabeças de bovinos foram abatidas. No último trimestre do ano, no entanto, ocorreu uma queda de 3,8% em relação ao mesmo período de 2009.

De acordo com o IBGE, esse declínio nos últimos meses foi influenciado pelo menor consumo de carne bovina no mercado interno, em função das fortes altas de preços, e pela queda nos volumes de exportações de carne.

A pesquisa do IBGE também mostra que em 2010 houve elevações nos abates de frango, de 4,5%, com 4,988 bilhões de unidades, e de suínos, de 5,1%, com 32,510 milhões de unidades abatidas.

O Centro-Oeste é a região com maior volume de abate de bovinos (34,7%), seguida do Sudeste, com 22,3%. Com relação aos estados, Mato Grosso continuou na liderança, com 14% do total, seguido de São Paulo (12,1%) e Mato Grosso do Sul (11,3%).

Em relação ao abate de frangos, a principal região é a Sul, que detém 59,5% da produção nacional, sendo que o estado do Paraná contribui com 26,4% dos frangos abatidos. A região também lidera o abate de suínos (65,4%). Neste caso, os principais estados abatedores são Santa Catarina (26,9%) e o Rio Grande do Sul (21,9%).

A pesquisa do IBGE também apresenta os resultados de 2010 das produções de leite e de ovos de galinha. No ano passado, foram adquiridos 20,966 bilhões de litros de leite, 7% a mais que em 2009, confirmando um crescimento contínuo que vem sendo observado desde 1997, quando a pesquisa começou a ser feita. A produção de ovos de galinha atingiu 2,460 bilhões de dúzias, 4,2% a mais do que ano anterior.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta, diz Bolsonaro

ECONOMIA

Caixa avalia mudança para taxa prefixada no financiamento imobiliário

BRASIL

Lula se cala na Pentiti, 64ª fase da Lava Jato

BRASIL

Maia: País vive 'quase um estado autoritário', inclusive na área do meio ambiente

Mais Lidas