Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

A semana é de tudo ou nada para o presidente Sarkozy

17 OUT 2010Por ROBERTO COSTA11h:07

O presidente francês Nicolas Sarkozy enfrenta uma semana de tudo ou nada para a impopular reforma da previdência que ele tenta aprovar.

Sindicatos dos ferroviários, dos caminhoneiros, dos trabalhadores de refinarias e manifestantes no país todo estão aumentando a pressão para que o presidente desista da idéia antes de ela ser votada no Senado. Durante meses de oposição a seu plano de aumentar a idade de aposentadoria na França, uma medida para reduzir o déficit público, Sarkozy prometeu não ceder aos poderosos sindicatos do país.

Os sindicatos têm um histórico de impedir reformas e já prometeram que serão tão teimosos quanto Sarkozy.

Esta semana a determinação do presidente será testada de verdade em meio ao risco de a gasolina começar a desaparecer dos postos, de caminhões ficarem estacionados e de mais manifestantes tomarem as ruas do país.

Trabalhadores em todas as 12 refinarias francesas estão em greve. Se eles continuarem parados, os postos vão começar a ficar sem combustível pelo meio da semana, segundo a indústria petrolífera local. Nesse caso, o governo terá de começar a utilizar suas reservas estratégicas.

Com informações da Reuters

Leia Também