Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

Soro fisiológico

A água de coco é um excelente hidratante natural

20 MAR 2011Por Ig22h:23

Além de refrescante, saborosa e leve, a água de coco é dublê do soro fisiológico - tão doce que nem parece remedinho caseiro. E por ser um super hidratante natural, tem papel importante na recuperação de infecções urinárias e gástricas.

“Ela não mata bactérias, mas é um soro fisiológico natural, tem alta quantidade de sódio, potássio e outros sais minerais. É um hidratante natural para o corpo e ajuda a eliminar resíduos durante um período de infecção", diz Beatriz Botequio, nutricionista da clinica de Nutrição Equilíbrio, em São Paulo.

Junto com banana, carne, laranja, leite e vegetais crus, a água de coco compõe o grupo dos alimentos campeões em potássio. A presença de sais abastece de água as células no organismo. Tal função, denominada cientificamente de hidroeletrolitíca, é indispensável para contração e relaxamento muscular – o que ajuda a evitar cãibras e lesões - além contribuir para a elasticidade da parede das artérias.

Mas embora seja mais hidratante do que a própria água, o líquido presente no coco é calórico e deve ser consumido com moderação. Uma dose diária de 500 miligramas, o equivalente a um copo e 50 calorias, dá conta do recado positivo, sem sobrecarregar a dieta.

Quando associada a outra fruta, a água de coco aglutina nutrientes e valores nutricionais, e dá um balde de água nas fibras, o que eleva o benefício desses alimentos. "Substituir a água pelo líquido do coco é uma boa dica para compor um refresco saudável e diferente", pontua Beatriz.

Para quem malha e quer variar o cardápio pós-treino, a água de coco funciona como uma ótima fonte de carboidrato. Se for combinada com um alimento fonte de proteína também contribui para o ganho de massa muscular, explica a especialista.

Os valores positivos da água de coco, porém, não se aplicam ao coco proveniente da fruta. Beatriz explica que o consumo desse alimento aquece debates entre os profissionais da área.

Sabe-se que a polpa do coco é rica em gordura saturada, que é a grande vilã da saúde, principalmente do coração. Entretanto, há especialistas que defendam a presença de ácidos graxos essenciais, ou seja, gorduras boas, fontes de energia para o organismo. "Sem consenso, vale respeitar a recomendação médica e moderar na hora de abrir o coco na praia e comer a parte mais suculenta da fruta", indica a nutricionista.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também