Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

70% dos consumidores satisfeitos com comércio da capital

25 OUT 09 - 12h:05
     

O nível de satisfação do consumidor em Campo Grande, pela primeira vez, passará a ser medido de forma integral. Isto porque a Fecomércio/MS - Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Fundação Manoel de Barros (FMB) e a Universidade Anhanguera-Uniderp lançaram o Termômetro do Consumidor, uma pesquisa mensal e sistemática junto aos clientes do comércio varejista, para entender as suas expectativas antes da compra, suas percepções da qualidade dos produtos, dos serviços, dos atendimentos e das possíveis reclamações após a compra.


        

A pesquisa referente ao mês de setembro de 2009 aponta que o nível se satisfação do consumidor do comércio varejista local é de 70,5%, numa escala de 0 a 100%. Quando indagados sobre seu nível de satisfação com as suas compras, conforme o local da loja, os compradores do centro da cidade e do Shopping Campo Grande indicaram níveis muito próximos: 69,9% e 69,5%, respectivamente. Os compradores em lojas de bairros indicaram um nível de satisfação um pouco superior, com valor de 71,3%.


        

Os pesquisadores de campo entrevistaram 400 compradores durante a última semana de setembro, em vários pontos do centro e em vários bairros da cidade. ?Houve uma efetiva colaboração do consumidor em responder a entrevista e foram poucos os que recusaram. Esta adesão do cidadão em responder sobre o comercio local é um forte indicativo que ele deseja externar seus desejos e experiências durante as suas compras?, destaca o vice-presidente Edison Ferreira Araújo.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Delegacia passa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira
FIQUE ATENTO!

Delegacia assa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância
BRASÍLIA

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância

Porto Murtinho entra em situação de emergência por conta de erosão em barragem
DECRETO

Porto Murtinho entra em emergência por conta de barragem

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS
TRIBUTO

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião