Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

5% das agências aderem à greve de advertência no INSS

5% das agências aderem à greve de advertência no INSS
10/07/2008 18:40 -


     

 

 

Ministério da Previdência Social informou hoje (10) que apenas 5% das 1.200 agências de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em todo o País, aderiram à paralisação de 24 horas promovida nesta quinta-feira pelos funcionários.

 

A Federação Nacional dos Servidores em Previdência, Saúde, Trabalho e Assistência Social (Fenasps) justificou a paralisação de advertência como forma de pressionar o governo a alterar o plano de cargos e salários da categoria e a gratificação salarial atrelada à produtividade. Segundo a Fenasps, se as negociações não avançarem, poderá ser convocada greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 5 de agosto.

 

Com informações da Agência Estado

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?