Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 18h13min

37 mil haitianas grávidas estão nas ruas sem assistência

17 JAN 10 - 12h:30
     

        Da redação

         

Cerca de 37.000 mulheres grávidas se encontram entre a população haitiana afetada pelo devastador terremoto de 12 de janeiro, e suas vidas correm perigo por causa da falta de comida, água potável e atenção médica, advertiu neste domingo, 17, a ONG Care.

Além das grávidas, a situação também é crítica para um número indeterminado de mães recentes que estão amamentando seus bebês, assim como para os próprios recém-nascidos, em um país onde a metade da população é menor de 18 anos.

Com informações da Agência EFE

         

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Governo informa que dois caminhões com ajuda entraram na Venezuela

BRASIL

Bolsonaro resgata medidas rígidas que foram propostas pelo PT

Comercial tropeça para Costa Rica e adia classificação
ESTADUAL 2019

Comercial tropeça para Costa Rica e adia classificação

VENEZUELA

'Dia D' de missão humanitária na Venezuela tem confrontos com militares

Mais Lidas