terça, 17 de julho de 2018

27 urnas tiveram problemas e faltou energia

1 NOV 2010Por Silvia Tada04h:02

Das 5.149 urnas usadas em Mato Grosso do Sul, 27 (0,52%) apresentaram problemas, ontem, durante o segundo turno e dessas, 23 foram substituídas. Em Campo Grande e em cidades do sul do Estado, houve problemas de falta de energia em algumas seções, mas, como a urna eletrônica tem autonomia para funcionar até 14h com bateria, a votação não foi interrompida, segundo informações da assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS).

A maior preocupação da Justiça Eleitoral era com a apuração. Devido à chuva que atingiu boa parte do Estado, durante o domingo, locais considerados de difícil acesso (479 seções) poderiam apresentar problemas para transmitir os dados das urnas. No total, são 169 seções que utilizaram o sistema via satélite BGAN para transmitir os votos de 41.886 eleitores. "Com o tempo fechado, há maior dificuldade para localizar o satélite", explicou o TRE-MS.

Leia Também