23 pessoas morrem em acidentes por moto por dia no Brasil

23 pessoas morrem em acidentes por moto por dia no Brasil
21/06/2010 13:20 -


     

Um estudo do Hospital das Clínicas de São Paulo mostra que aqueles que escapam da morte enfrentam uma dura rotina. E a pesquisa traz uma surpresa: os motoboys não são mais a maioria das vítimas.

Um ano e meio numa cama. Ombro e braço esquerdos sem vida - os nervos que os ligavam à coluna foram rompidos A perna não pode tocar o chão, porque falta um pedaço do fêmur, o osso da coxa - ficou no asfalto. Ele bateu em outra moto. As duas em alta velocidade. O raio-x mostra o osso quebrado, a parte que falta e que uma cirurgia no dia seguinte vai tentar corrigir.

"Eu acho que no imaginário do motoqueiro, às vezes passa a ideia de que existem duas situações possíveis: ou eu morro, e está resolvido o problema, ou vou viver. Só que entre a morte e a vida deste motoqueiro, e é isso a proposta do trabalho, é mostrar que há uma série de problemas que vão causar um ônus para este indivíduo tremendo ao longo da vida dele", diz o dr. Marcelo Rosa.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".