sábado, 21 de julho de 2018

CORUMBÁ

18ª Regata de Canoinhas reuniu 52 pessoas

13 DEZ 2010Por DIÁRIO ONLINE00h:01

A 18ª edição da Regata de Canoinhas reuniu 52 pescadores de Corumbá e Ladário na Prainha do Porto Geral na manhã deste domingo (12). Os competidores foram divididos em 4 categorias: júnior (12 a 17 anos), adulto (18 a 40 anos) e master (acima de 40 anos), todas no masculino, e geral feminino. Os remadores fizeram um percurso de aproximadamente mil metros, com saída do cais do Centro de Convenções e chegada na Prainha, após contornar o farol.

No adulto, o vencedor foi João de Oliveira Miranda. Ele faturou o primeiro lugar pela 12ª vez. "Tem que ter força. Até o farol vem quase todo mundo junto. Depois vem a correnteza e aí tem que manter. Aqui perto (da chegada) tem mais uma correnteza forte que também é difícil", contou o pescador profissional ao Diário. Mauro Rodrigues Canavarro foi o segundo e Adenilson Silva Cintra e Natalino do Couto Rondon dividiram a terceira colocação.

Entre os mais jovens, o ganhador foi Emerson de Moraes, de 17 anos. Eranildo dos Santos Oliveira foi o segundo, seguido por Ronald de Souza Picolomini. Já no master, Inácio Rodrigues foi o grande vencedor. Valdir Silva de Amorim e Otávio Saturnino Delmon completaram o pódio. Na categoria feminina, a campeã foi Marilza Lima. Maria Divina de Lima foi a segunda e Ana Maria de Souza a terceira.

Os quatro primeiros colocados receberam uma bicicleta, um kit de pesca oferecido pelo Ministério de Pesca, além de troféus e medalhas. Segundo e terceiro também receberam prêmios, sendo um aparelho de DVD e um ventilador, respectivamente. Várias cestas básicas e outros brindes foram sorteados entre os demais competidores.

Bob

Mas o grande personagem do dia ficou longe das primeiras colocações. O vira-lata Bob, de 5 anos, participou da competição ao lado do dono, o pescador Denilson Rogério das Neves. Apesar de não ter dado muita sorte ao amigo, que terminou entre os últimos na categoria adulto, o cachorrinho mostrou bastante intimidade com o rio Paraguai. Na proa da canoa de pau, ele se comportou muito bem durante toda a prova. "O Bob está acostumado. Ele é meu companheiro de pesca", contou Denilson ao Diário.

E a amizade entre os dois parece não ser "estória" de pescador. Quando Denilson foi sorteado e ganhou uma cesta básica, o mascote o acompanhou até o palanque. A alegria do cachorro era tão visível que até chamou a atenção do locutor do evento. "Aí vem o Denilson acompanhado de seu fiel escudeiro", disse o mestre de cerimônia Lourival Campos. Agora o pescador quer contar com o apoio do cão para ficar milionário.

"Gravei com ele meu vídeo de inscrição do BBB (Big Brother Brasil). Espero que ele me dê sorte este ano", afirmou Denilson. Na última edição do programa, o pescador teve uma de suas inscrições exibidas em rede nacional. "Meu vídeo apareceu no Vídeo Show como um dos mais engraçados", completou o pescador.

Leia Também