168 urnas são adaptadas para deficientes visuais em Campo Grande

168 urnas são adaptadas para deficientes visuais em Campo Grande
05/10/2008 15:10 -


     

        O Instituto Sul-mato-grossense para Cegos (Ismac), na Capital, é um dos pontos de votação para as pessoas com deficiência visual. No local, há uma urna adaptada com sistema de áudio.

         

        Para a campo-grandense Isabel dos Santos, a urna facilita exercer o seu direito de voto. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS), são 168 urnas adaptadas em Campo Grande, distribuídas em 229 locais de votação.


        

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".