Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

CONSUMIDOR E TURISMO

10 dicas para economizar ao viajar

8 NOV 2010Por Edivaldo Bitencourt20h:23

O empresário Bob Rossato, sócio fundador da ViajaNet, dá 10 dicas de como economizar na hora de tirar férias e viajar no Brasil. O principal destaque é o planejamento. O consumidor deve planejar a viagem com antecedência mínima de três meses. A outra é ficar de olho nas promoções dos pacotes de viagens das agências de viagens e das empresas aéreas.

Entre as outras dicas, destacam-se o planejamento de voos no meio ou no fim de semana. O dólar em torno de R$ 1,70 é uma boa oportunidade para aproveitar e viajar ao exterior. Com o real valorizado, pacotes internacionais estão saindo mais baratos.

Rossato sugere ainda que o consumidor parcele as compras em 10 vezes ou procure uma instituição para aproveitar as opções de pagar a viagem em até 48 vezes.

Confira as dicas:


1 - Planeje com antecedência a viagem: programe a viagem com no mínimo três meses de antecedência, principalmente quando pretende viajar em períodos de férias e feriados. Isso garante que o parcelamento possa ser feito com mais antecedência;

2. Escolha datas flexíveis: Voos no meio da semana ou aos finais de semana tendem a ser mais baratos devido à menor demanda;

3 - Opte por horários alternativos: Voos fora dos horários de “picos” (começo e final do dia) costumam ser mais procurados e por isso mais caros. Procure voos com horários no meio do dia;

4 - Fuja dos aeroportos centrais: Aeroportos mais centrais como Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro) geralmente são mais caros devido a preferência dos usuários. Procurar aeroportos menos “disputados” pode uma boa alternativa para economizar. Ex.: São Paulo: Guarulhos ou Viracopos (Campinas) e Galeão (Rio e Janeiro);

5 - Compare os preços entre as companhias aéreas: com a economia aquecida e a forte demanda por viagens, principalmente impulsionada pelos “novos viajantes”, provenientes das classes C e D, há uma competição muito grande entre as companhias. Por conta desta “guerra tarifária”, os usuários se beneficiam com tarifas mais baratas. Pesquise sempre em comparadores de preços;

6 - Aproveite a baixa do dólar: com o dólar a menos de R$ 1,80, você pode planejar fazer uma viagem ao exterior. Por menos de R$ 300,00 é possível comprar uma passagem aérea para Buenos Aires, por exemplo.

7 - Compare preços dos pacotes x passagem aérea: há períodos do ano em que pacotes estão mais baratos e outros em que as passagens estão em promoção. O segredo está no momento da procura pela viagem para fazer comparativos. Hoje, encontramos pacotes para Orlando a US$ 899 com passagem aérea e cinco noites de hotel;


8 - Fique de olho nos “Novos Players”: sem dúvida, a concorrência, além de ser vantajosa na busca de melhores serviços, permite ao usuário encontrar o melhor preço. As novas companhias aéreas querem ganhar espaço e as antigas tentam preservar os seus clientes e os voos com boa ocupação. Quem ganha é o consumidor. Busque preços em todas as companhias aéreas;

9 - Parcele a compra: hoje, é possível comprar passagens aéreas em até 10x sem juros e sem entrada com cartão de crédito. Algumas companhias aéreas fizeram parcerias com instituições financeiras para estenderem os seus prazos em até 48 vezes. Assim, pacotes e passagem cabem no bolso de qualquer pessoa;

10 - Acompanhe as promoções: as redes sociais, como Orkut, Facebook e Twitter, são ótimas opções para acompanhar as promoções de companhias aéreas e agências de viagem. Algumas empresas até realizam ofertas exclusivas para estes canais. Navegue nas redes de relacionamento e faça parte das comunidades, siga agências de viagens e procure estar imerso no ambiente online para comprar com empresas que possibilitam a compra a um clique de distância. Você economiza tempo e dinheiro. 

Leia Também