Terça, 20 de Fevereiro de 2018

SAÚDE

Riscos cardíacos podem acelerar declínio mental

15 AGO 2011Por NEW YORK TIMES22h:00

Segundo um novo estudo, os fatores de risco cardiovascular na meia idade estão associados à deterioração cerebral e a um declínio na função mental em idosos.

Num estudo publicado on-line na semana passada, em "Neurology", cientistas da Universidade da Califórnia, em Davis, examinaram 1.352 homens e mulheres, entre 45 e 63 anos, e registraram as taxas de hipertensão, diabetes, tabagismo, colesterol alto, obesidade e outros riscos.

Os pesquisadores também conduziram varreduras cerebrais nos participantes, e administraram diversos testes amplamente usados de habilidade mental. Nenhum participante mostrava sintomas de demência no início do estudo.

Em exames de acompanhamento, realizados de sete a 13 anos mais tarde, os pesquisadores descobriram que a pressão arterial elevada no início do estudo estava ligada a um maior surgimento de áreas brancas nos resultados do exame, um sinal de deterioração cerebral.

A diabete de meia-idade estava vinculada a um maior aumento anual no tamanho dos ventrículos laterais, um indicativo do mal de Alzheimer na idade avançada. E aqueles com uma proporção cintura-quadril aumentada tinham um declínio significativo no volume total do cérebro com o tempo.

Pessoas obesas e com hipertensão mostraram pior desempenho em testes de memória e habilidades mentais, mesmo após controlar por desempenho cognitivo de base, segundo os pesquisadores.

Leia Também