Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Presidente do Barça cogitou dispensar Messi para amenizar crise

13 AGO 13 - 12h:30terra

Por pouco o Barcelona não dispensou Lionel Messi, quando o hoje craque argentino tinha apenas 16 anos. De acordo com notícia publicada nesta terça-feira no jornal espanhol AS, o episódio ocorreu há dez anos, em 2003, quando uma crise econômica ameaçou o clube catalão. 

Dez anos atrás, quando Joan Laporta sucedeu Joan Gaspart na presidência do Barça, mostrava-se necessário fazer alguns cortes no orçamento do clube - um deles, nas categorias de base. Foi neste cenário que Cesc Fàbregas e Gerard Piqué deixaram o clube e foram para a Inglaterra - o meia parou no Arsenal, enquanto o zagueiro chegou a se profissionalizar pelo Manchester United.

Na época, Sandro Rosell, atual presidente do Barça, era um dos dirigentes que considerava Messi dispensável. O pai do jogador, Jorge, vivia na Catalunha com um visto de permanência concedido pelo clube. No entanto, devido à política de cortes, a permissão lhe foi retirada em 2003.

Jorge Messi resolveu então voltar à Argentina com o seu filho, até que o empresário Antoni Vilalta ofereceu ao pai do jogador um contrato que o ligava à sua empresa. Em troca, ele receberia uma percentagem caso o jovem chegasse à equipe principal do Barcelona. Isso ocorreu poucos meses depois, mas o empresário até hoje reclama o pagamento do dinheiro que lhe estava prometido.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados negociam manutenção de abono para quem ganha menos
CONTRA O TEMPO

Deputados negociam manutenção de abono para quem ganha menos

OPERÁRIO

Técnico promete “trabalhar quietinho” para sonhar com o acesso

MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha abaixo de R$ 3,96 após ultrapassar R$ 4

Prazo para pagar licenciamento de placas final 1 e 2 termina na terça
FIQUE ATENTO

Prazo para pagar licenciamento de placas final 1 e 2 termina terça

Mais Lidas