Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Corredor paralímpico

Pistorius teria admitido que matou a namorada por acidente

14 FEV 13 - 17h:58ig

O velocista sul-africano Oscar Pistorius prestou depoimento e foi liberado após ser detido pela polícia e ser o principal suspeito de ter matado a tiros a namorada em sua casa , em Pretória. O paratleta teria confundido a modelo Reeva Steenkamp, de 30 anos, com um intruso. Ela, que também era sul-africana, morreu com um tiro na cabeça e outro no braço - foram quatro disparos efetuados no total. O jornal sul-africano "Beeld" afirma que Pistorius confessou ter atirado e matado, por engano, a sua companheira. Na saída do distrito policial de Boschkop, o atleta se mostrou bastante abalado, cabisbaixo e usava uma jaqueta com capuz para esconder seu rosto e tentar escapar do registro dos fotógrafos.

A polícia disse que um homem de 26 anos de idade compareceria no tribunal sob a acusação do homicídio de Steenkamp. A polícia da África do Sul não vai nomear suspeitos do crime até que as investigações terminem, mas a porta-voz Denise Beukes adiantou que Pistorius estava em sua casa no momento da morte da modelo e que "não há outro suspeito envolvido"."Sim, existem testemunhas e aconteceram depoimentos nesta manhã", disse Beukes fora do condomínio fechado onde morava Pistorius. "Estamos falando com vizinhos e pessoas que ouviram coisas que aconteceram no início da noite e quando o incidente ocorreu", completou.

Já de acordo com a publicação do "News 24", algumas testemunhas ouviram coisas mais cedo, antes do momento dos tiros, que podem ser relacionadas a uma briga de Pistorius com a namorada, supondo que o velocista teria matado a moça de forma proposital, e não acidental como disse no depoimento. Pistorius, de 26 anos, foi o primeiro atleta com as pernas amputadas a correr nas Olimpíadas, usando duas próteses. Em 2012, nas Olimpíadas de Londres, ele competiu de igual para igual, chegando às semifinais das provas dos 400 m rasos. Na Paraolimpíada, ele ganhou medalha de ouro nos 400 m T44. Ele causou polêmica depois de perder a prova dos 200m T44 para o brasileiro Alan Fonteles, ao reclamar de supostas vantagens da prótese usada pelo atleta brasileiro.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital
FOTOGRAFIA

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital

Subaru Forester
CORREIO VEÍCULOS

Subaru Forester

Bolinho de Chuva Recheado com creme de avelã
SOBREMESA

Bolinho de Chuva Recheado com creme de avelã

COI dá passo para incluir breakdance, skate, escalada e surfe nos Jogos de 2024
OLIMPÍADAS

COI dá passo para incluir skate e surfe nos Jogos de 2024

Mais Lidas