Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Libertadores

Palmeiras segura empate com Tijuana

30 ABR 13 - 23h:38terra

​​O Palmeiras conseguiu uma façanha nesta terça-feira, diante de um cenário adverso no Estádio Caliente. Três dias depois da eliminação do Campeonato Paulista e após viajar 17 horas até o noroeste do México, a equipe alviverde segurou um empate por 0 a 0 com o Tijuana em campo de grama sintética e, pela primeira vez, não foi derrotado como visitante nesta edição da Copa Libertadores da América. Além disso, os comandados de Gilson Kleina colocaram na bagagem o direito de jogar por uma vitória simples no jogo de volta das oitavas de final, em São Paulo.

Derrotado por Libertad (2 a 0), Tigre (1 a 0) e Sporting Cristal (1 a 0) nas partidas que fez longe de São Paulo pelo Grupo 2, o Palmeiras levou pressão do Tijuana nesta terça, mas contou com a má pontaria do time mexicano e com uma boa atuação do goleiro Bruno. Substituto de Fernando Prass, machucado, o camisa 1 mais uma vez não comprometeu e foi crucial para o time segurar o zero no marcador.

O primeiro tempo foi dividido por dois momentos bastante distintos. No primeiro, o Palmeiras imprimiu uma boa marcação na saída de bola do Tijuana e conseguiu oferecer certo perigo para o gol adversário – mas sem acertar o arco defendido por Saucedo. O lance mais agudo dos comandados de Gilson Kleina foi uma jogada individual de Wesley, que invadiu a área, levou um pisão por trás de Pellerano e caiu, mas a arbitragem nada marcou.

Na segunda metade da etapa, porém, o Tijuana cresceu no jogo e partiu para o abafa em busca do primeiro gol. Os mexicanos, com uma transição rápida, conseguiam envolver a marcação alviverde e criaram boas oportunidades. Faltou, porém, pontaria. Especialmente aos 43min, quando Moreno recebeu sozinho na área e, cara a cara com Bruno, isolou por cima.

O segundo tempo começou de maneira semelhante ao fim do primeiro – salvo alguns contragolpes mais perigosos do Palmeiras. No geral, porém, o Tijuana exercia pressão na defesa brasileira, mas não conseguia tirar o zero do placar – méritos, também, do goleiro Bruno, que, quando exigido, praticava boas defesas e fazia o empate persistir no Estádio Caliente até o apito final do árbitro.

A partida de volta entre os dois times está marcada para daqui duas semanas, em 14 de maio, às 22h (de Brasília), no Estádio do Pacaembu. O Palmeiras, porém, tem uma vantagem “traiçoeira” graças ao 0 a 0 nesta terça: qualquer empate com gols em São Paulo classificará o Tijuana. Os alviverdes, entretanto, avançarão com qualquer triunfo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Brasil busca 1º lugar geral no Parapan de Lima
JOGOS PARAPAN-AMERICANOS 2019

Brasil busca 1º lugar geral no Parapan de Lima

ORÇAMENTO

STF se divide sobre permissão para Executivo limitar repasses

Integrante do PCC é condenado por executar colega "traidor"
EXECUÇÃO FILMADA

Integrante do PCC é condenado por executar colega "traidor"

Mulher de 34 anos é a 22ª vítima <br>de gripe em Campo Grande
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Mulher de 34 anos é a 22ª vítima de gripe na Capital

Mais Lidas