Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

documentário

'Mamonas para Sempre' estréia nesta sexta nos cinemas

18 JUN 2011Por sidneyrezende00h:00

Segundo informações da colunista Mariana Brugger, do jornal "O Dia", estréia hoje nos cinemas, o documentário "Mamonas Para Sempre", de Cláudio Kahns, que mostra a verdadeira indentidade dos integrantes do grupo, por trás das fantasias.

Entrevistas com amigos, familiares, o empresário e o produtor musical, mostra aos fãs tudo que se passava nos bastidores. Tendo como final do longa, a morte trágica da banda de sucesso, que não é muito recordada, pois a intenção é passar momentos de alegria do grupo.

A banda composta por Dinho, Bento Hinoto, Julio Rasec, Samuel e Sergio Reoli, antes de ser os Mamonas Assassinas, era "Utopia" e tocava rock com uma pitada de romantismo. Nos anos 90 os meninos não imaginavam que seriam um mito brasileiro, mas com o sonho de tornar verdade, transformaram "Utopia" em "Mamonas Assassinas", do qual teria trocado o romantismo por humor, fazendo sucesso com as músicas  ‘Pelados em Santos’, ‘Vira-Vira’ e ‘Sábado de Sol’.

Há 15 anos atrás o sonho realizado foi embora, com a morte trágica do grupo após o avião em que se encontravam ter caido e matado todos os integrantes da banda.

"Eu não era fã, mas achei que a trajetória deles valia um filme. Fazendo a pesquisa para meu longa de ficção ( ‘Mamonas — O Filme’, projeto que está engavetado), filmamos as entrevistas e o documentário começou a tomar forma. Fizemos tudo sem patrocínio e esse foi um desafio muito grande", disse Claudio, acrescentando: Um dos momentos mais fortes do longa acontece em uma apresentação na cidade natal dos Mamonas, com um desabafo de Dinho:"As pessoas olhavam pra mim e diziam: ‘É impossível você chegar até aqui’. O impossível não existe. Tudo é possível quando vocês querem", disse o vocalista. "O filme é a realização do sonho deles. Cada um entende o documentário de uma maneira, mas essa história de persistir e acreditar no seu sonho é uma linha forte que mostramos", conta o diretor.

Mesmo depois da morte da banda, fãs especulam se os Mamonas lançariam um segundo disco caso estivessem vivos. O pai de Dinho, Hildebrando Alves, afirma numa entrevista ao programa "Conexão", do "SBT", que foi ao ar na última quarta-feira que o grupo teria acabado e Dinho estaria numa carreira solo.  "Acho que ele estaria fazendo carreira solo. Eu acredito que eles durariam mais uns dois anos, porque o Dinho tinha um projeto com o Tom Cavalcante que não ia envolver o grupo e os caras ficaram com ciúme", revelou a Roberto Cabrini, disse ele.

Mas como eles não estão presentes para mostrar o que de fato aconteceria, o espirito divertido dos garotos continuam nos fãs saudosos em um único disco do grupo.

MAMONAS PARA SEMPRE
Brasil, 2009. De Claudio Khans. A história da banda Mamonas Assassinas, cuja meteórica carreira foi interrompida por um acidente aéreo. Documentário. 10 anos. 84 min.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também