Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Japão: imigrantes brasileiros popularizam língua portuguesa

9 FEV 08 - 14h:10

      

                        "Achados & Perdidos" ou "É proibido o embarque de carrinhos de bagagem" são algumas das múltiplas expressões em português presentes nos principais meios de transporte da região de Nagoya, no coração do Japão.
                        
                        A língua portuguesa não pára de se expandir no país asiático, para onde mais de 300 mil brasileiros de origem nipônica se mudaram desde o final da década de 80.
                        
                        O surto, visível em grandes corporações como a Toyota, Suzuki ou Sony, elevou o português a terceira língua estrangeira mais falada no Japão, logo após o coreano e o chinês, apesar de o inglês continuar sendo língua franca.
                        
                        Revista
                        
                        "Embalado pelo samba, Tóquio organiza o maior Carnaval fora do Brasil e o português já se tornou numa das línguas estrangeiras mais estudadas no Japão", afirma o diretor da revista quinzenal "Alternativa", Juvenal Shintaku.
                        
                        A publicação é uma das três revistas em português editadas no Japão pelo grupo Nippaku Yuai. Folheando as 290 páginas da "Alternativa", é possível perceber a lógica desta mão-de-obra lusófona.
                        
                        Comemorações
                        
                        "Neste ano estamos celebrando o centenário da imigração japonesa para o Brasil e a troca de informações com a mídia brasileira se intensificou bastante", disse Juvenal Shintaku, que se mudou em 1995 para o Japão.
                        
                        As comemorações bilaterais atingirão o ápice em 18 de junho, data em que se celebram 100 anos da chegada do primeiro barco com imigrantes japoneses ao Porto de Santos.
                        
                        A comunidade nipônica no Brasil conta hoje com cerca de 1,5 milhões de pessoas, especialmente no Estado de São Paulo.
                        
                        "As panificadoras japonesas passaram a fabricar o pão de queijo e todas as grandes cidades no arquipélago possuem churrascarias brasileiras, que também divulgam a nossa música", disse o jornalista, acrescentando que "os japoneses adoram a moda brasileira e a bossa nova é um dos ritmos musicais mais populares no Japão".
                        
                        "No ano passado, somente em Tóquio, foram abertas lojas das principais marcas brasileiras: os principais designers de moda brasileiros exportam hoje para o mercado japonês", afirmou Juvenal Shintaku.
                        
                        Comunidade
                        
                        A região de Shizuoka é onde se verifica a maior concentração de dekasegi nipo-brasileiros, especialmente em Hamamatsu e Oizumi, onde os sinais de trânsito também estão em português.
                        
                        Segundo Juvenal Shintaku, cerca de 15% dos habitantes de Oizumi falam português como primeira língua."Acredito que as influências brasileiras no Japão sejam tão grandes quanto o legado japonês no Brasil".
                        
                        "Hoje é grande o número de brasileiros casados com japoneses, criando uma nova comunidade", disse o jornalista.
                        
                        "E este está longe de ser um fato confinado ao centro do Japão. A língua portuguesa está presente no dia-a-dia japonês. O Japão conta com dois jornais em português, diversas revistas, estações de rádio, televisão, etc.", afirmou Juvenal Shintaku.

                         

                        Com informação e foto da Agência Lusa

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Previsão indica pancadas nesta semana em MS
TEMPO

Previsão indica pancadas nesta semana em MS

Bruna criou perfil na internet para difundir sua paixão pelo chá
AMOR PELO CHÁ

Bruna criou perfil na internet para difundir sua paixão pelo chá

MEDIDA PROVISÓRIA

Senado vota transferência do Coaf para o BC na próxima terça

CLÁUDIO HUMBERTO

“Acho muito razoável [Bolsonaro vetar], acho bem razoável”

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião