Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Transporte coletivo

Dois consórcios disputam licitação bilionária do ônibus

15 AGO 12 - 10h:12Anahi Zurutuza

Excluindo a Viação Serrana, as quatro empresas — viações Cidade Morena, São Francisco, Campo Grande e Jaguar — que já operam o transporte coletivo de Campo Grande uniram-se no consórcio nomeado Guaicurus para disputar o contrato de R$ 3,4 bilhões com o município e continuar explorando o serviço por, no mínimo, mais 20 anos. O grupo terá de derrotar a empresa Auto Viação Redentor, que tem experiência de 50 anos na operação do transporte urbano de passageiros de Curitiba (PR).

O consórcio e a empresa entregaram as propostas para análise da Comissão Permanente de Licitação da prefeitura ontem. Segundo o presidente da comissão, Bertholdo Figueiró, todo o processo para escolher a concessionária do transporte coletivo deve levar, pelo menos, 60 dias para ser concluído, se não houverem contestações dos participantes.

O vencedor vai faturar R$ 172 milhões por ano, total de R$ 3,4 bilhões pelos 20 anos. O edital, porém, prevê a possibilidade de prorrogação do contrato por mais dez anos, o que renderá um extra de R$ 1,7 bilhão, totalizando faturamento de R$ 5,1 bilhões.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

IMPASSE COM O SETOR

Diretoria da ANTT aprova suspensão da nova tabela de fretes

ECONOMIA

Em nova proposta, governo agora quer limitar saques do FGTS a R$ 500 em 2019

Procuradoria descarta indiciar Cristiano Ronaldo por acusação de estupro
ASTRO PORTUGUÊS

Procuradoria descarta indiciar Cristiano Ronaldo por estupro

Soraya Thronicke perde ação contra suplente na Justiça
SENADORA

Soraya Thronicke perde ação contra suplente na Justiça

Mais Lidas