Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÊMICA

TV alemã cita Roberto Carlos em esquema de doping em 2002

TV alemã cita Roberto Carlos em esquema de doping em 2002
10/06/2017 17:51 - Folhapress


A TV alemã ARD produziu documentário sobre um suposto esquema de doping de atletas brasileiros pacientes do médico Júlio César Alves, de Piracicaba (160 km de São Paulo). De acordo com a emissora, um dos clientes do especialista teria sido o ex-lateral Roberto Carlos durante a Copa de 2002, realizada na Coreia do Sul e no Japão. O Brasil conquistou o título do torneio.

Alves é conhecido da comunidade esportiva brasileira por defender abertamente a legalização do doping e que este seja feito de forma controlada. Ele já participou de debates sobre o assunto realizados pela ESPN Brasil e considera "ingênua" a visão de que o combate ao doping no esporte de alto nível é possível.

As práticas médicas de Alves constam em um documento de 200 páginas entregue pela Agência Brasileira Anti-Doping ao Ministério Público de São Paulo. De acordo com a TV, o nome de Roberto Carlos estaria no documento, já que o médico se gabava do lateral ter sido um dos seus clientes.

"Nós não pudemos abrir investigação contra ele porque não pertence a nenhuma organização esportiva", disse o português Luís Horta, que aconselhava a Agência Brasileira até o ano passado a pedido das Nações Unidas.

Em nota enviada pela sua assessoria de imprensa, Roberto Carlos nega ter usado substâncias proibidas na carreira e afirma jamais ter sido paciente de Júlio César Alves. Atual embaixador do Real Madrid (ESP), o ex-lateral lembra ter atuado por Palmeiras, Corinthians, Internazionale (ITA), Real Madrid e seleção brasileira sem nunca ter sido flagrado em qualquer exame antidoping.

O documentário afirma que não há estafe qualificado em número suficiente para realizar antidoping no futebol brasileiro porque os procedimentos internacionais antidoping não são seguidos. A equipe da emissora alega ter acompanhado um jogo do Palmeiras e notado "várias violações".

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.