Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COPA AMÉRICA

Tite promove o retorno de Arthur à seleção para jogo com a Venezuela

Tite promove o retorno de Arthur à seleção para jogo com a Venezuela
16/06/2019 23:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


A seleção brasileira terá o retorno do meio-campista Arthur para o jogo desta terça-feira contra a Venezuela, em Salvador, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América. O técnico Tite esboçou neste domingo a formação em um treino tático no estádio do Barradão em que confirmou a presença do jogador do Barcelona entre os titulares.

Arthur esteve fora do time nos últimos dias e virou desfalque na estreia da Copa América, contra a Bolívia, por sentir dores no joelho direito. O jogador levou uma pancada no amistoso contra Honduras, em Porto Alegre, no dia 9, e passou por tratamento intensivo para se recuperar. Como ele perdeu alguns treinos da última semana, Tite preferiu apostar em Fernandinho para a partida de abertura da competição.

Neste domingo, em Salvador, a seleção brasileira fez o primeiro treino na capital baiana. Tite permitiu a presença da imprensa nos primeiros 20 minutos, quando foi possível notar a separação dos times. Arthur integrou a formação titular, enquanto Fernandinho foi designado como um dos reservas.

Os titulares permaneceram em um dos lados do gramado em uma atividade de marcação de jogadas de bola parada. A equipe tinha: Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luis; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison, David Neres e Roberto Firmino.

A atividade contou ainda com a presença de Eder Militão. O zagueiro havia se tornado dúvida no time pois deixou o treino de sábado, ainda em São Paulo, com fortes dores no quadril. No entanto, ele se recuperou e está liberado. Quem continua fora é o goleiro Ederson. O reserva imediato de Alisson tem lesão na panturrilha e só deve retornar aos trabalhos no fim desta semana

A seleção brasileira volta a treinar na tarde desta segunda-feira, na Fonte Nova, local da partida de terça, contra a Venezuela. A atividade terá a presença dos jornalistas por apenas 15 minutos.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!