Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

UFC

Thominhas deixa rótulo de promessa do UFC para trás e diz ser 'uma realidade'

21 JUL 2017Por FolhaPress09h:50

Com cinco vitórias e apenas uma derrota no UFC, Thominhas Almeida quer deixar o rótulo de "promessa" para trás. Prestes a enfrentar Jimmie Rivera neste sábado (22), em Nova York (EUA), o brasileiro diz se considerar uma realidade na organização.

"Isso [ser revelação] me motiva. É uma honra ser considerado uma revelação, estar no maior evento do mundo e lutar contra os melhores", afirmou ao UOL Esporte. "Mas acho que não sou mais uma revelação, sou uma realidade. E vou buscar meu espaço cada vez mais".

Thominhas vinha em franca evolução no UFC até se encontrar com Cody Grabrandt. Ainda pouco conhecido na época, o agora campeão dominou o brasileiro e o nocauteou ainda no primeiro round, em um combate que Thominhas quer deixar para trás.

"O que já passou, passou. Foi um aprendizado, aprendi muito com aquela luta e agora é bola para frente", diz.

Diante de Rivera, Thominhas encontrará um adversário em uma posição superior no ranking do UFC: o brasileiro é o nono, enquanto o norte-americano aparece em quarto. Por causa disso, o paulista enxerga o combate como uma chance de se aproximar de uma luta pelo cinturão dos galos.

"Ele é um cara que está em uma posição muito boa no ranking, está invicto no UFC. Uma grande performance contra ele mostrará em que nível estou e onde mereço estar no UFC. Me sinto honrado de fazer parte dessa divisão e vou ficar muito mais feliz quando for campeão da categoria mais disputada do UFC", completou.

Thominhas Almeida e Jimmie Rivera abrirão o card principal do UFC Nova York. O evento terá como duelo mais importante o combate entre o ex-campeão dos médios Chris Weidman e Kelvin Gastelum.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também