Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 05h15min

ARTES MARCIAIS

Taekwondo de MS coloca dois atletas na seleção brasileira juvenil

11 FEV 19 - 15h:16JONES MÁRIO

Os irmãos Luiz Felipe e Suzanna Aquino venceram o Grand Slam de taekwondo, realizado nos últimos sábado (9) e domingo (10), na Arena Carioca I, no Rio de Janeiro (RJ). O resultado coloca os dois na seleção brasileira permanente de 2019 na categoria juvenil - 14 a 17 anos.

Luiz Felipe Aquino conquistou vaga no time nacional pela categoria até 48 kg. Segundo seu treinador, Fábio Costa, o atleta está invicto em lutas realizadas no Brasil há três anos. Neste período, disputou o Campeonato Mundial da classe cadete, em Sharm el-Sheikh, no Egito, em 2017.

Já Suzanna Aquino conseguiu se manter na seleção brasileira juvenil, mas em outra categoria de peso. Campeã do Grand Slam 2018 pela faixa até 49 kg, desta vez a atleta lutou e venceu a classe até 59 kg.

Com a vaga na equipe brasileira, Luiz Felipe e Suzanna Aquino ainda asseguraram participação no Campeonato Pan-Americano 2019, que deve ser realizado nos Estados Unidos, em junho.

Além dos campeões, Maria Alice Lopes (juvenil, até 55 kg) e Nathassia Amaral (adulto, até 73 kg) também representaram Mato Grosso do Sul na competição, mas não conseguiram um lugar na seleção brasileira.

De acordo com a Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), cerca de 300 atletas participaram do Grand Slam. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TRAGÉDIA

Atleta do Flamengo que teve 30% do corpo queimado está sem oxigênio complementar

Corinthians mantém poder nos clássicos e derrota o São Paulo na Arena
PAULISTÃO 2019

Corinthians mantém poder nos clássicos e derrota o São Paulo na Arena

GAÚCHO 2019

Na ausência de Renato Gaúcho, Grêmio empata com o Brasil de Pelotas

MINEIRO 2019

Em jogo de poucas emoções, América-MG e Cruzeiro não saem do zero

Mais Lidas