Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL SOB SUSPEITA

STF conduzirá inquérito que investiga<br> Del Nero e dirigentes da CBF

STF conduzirá inquérito que investiga<br> Del Nero e dirigentes da CBF
07/08/2017 23:00 - FOLHAPRESS


 

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello será relator do processo que investiga o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Marco Polo Del Nero, e outros ex-dirigentes da entidade, por suspeita de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, entre outros crimes.

As investigações chegam ao STF por reconhecerem o envolvimento de investigado com foro privilegiado.

As denúncias foram inicialmente apuradas pela CPI do Futebol do Senado, iniciada em 2015. O inquérito, que propôs ao MPF (Ministério Público Federal) o indiciamento dos dirigentes, teve como base o relatório alternativo apresentado à CPI pelos senadores Randolfe Rodrigues (REDE-AP) e Romário (PSB-RJ) -o ex-jogador presidiu o colegiado.

O relatório oficial aprovado pela CPI, de dezembro de 2016, assinado por Romero Jucá (PMDB-RR), atual líder do governo no Senado, não propôs o indiciamento de qualquer autoridade do futebol.

O texto paralelo ainda sugere o indiciamento dos ex-presidentes da CBF Ricardo Teixeira e José Maria Marin, e o empresário José Hawilla.

O relatório enumera diversos supostos crimes cometidos por autoridades da CBF e também do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...