ANFITRIÃ

Sob olhares de Pelé, Rússia vence Nova Zelândia pela Copa das Confederações

Sob olhares de Pelé, Rússia vence Nova Zelândia pela Copa das Confederações
17/06/2017 13:38 - FOLHAPRESS


A Copa das Confederações de 2017 teve início com sua anfitriã fazendo valer o favoritismo. Neste sábado (17), em São Petersburgo, a Rússia venceu a Nova Zelândia por 2 a 0, com gols de Boxall (contra) e Smolov.

Antes de o duelo ter início, Gianni Infantino, presidente da Fifa, e Vladimir Putin, presidente da Rússia, discursam nas tribunas. O local ainda contou com a presença de Pelé, que está no país europeu desde sexta-feira (17), quando participou do lançamento do relógio que marca a contagem regressiva para a Copa do Mundo.

Em um estádio cheio de torcedores, a Rússia teve suas melhores chances no primeiro tempo. Antes de Boxall fazer contra, a equipe anfitriã já havia chegado com perigo em duas oportunidades. Aos 6 minutos, Vasin desviou de cabeça e a bola bateu na trave. No caminho para o gol, McGlinchey afastou o perigo.

Apenas dois minutos mais tarde, Poloz aproveitou cruzamento, matou no peito e tocou na saída de Marinovic. O zagueiro Smith, no entanto, chegou para tirar quase em cima da linha.

O gol russo saiu aos 31 minutos da primeira etapa. A defesa da Nova Zelândia saiu jogando errado e a bola ficou com Erokhin. Na sequência, Poloz lançou Glushakov, que tocou por cima do goleiro Marinovic. No caminho para o gol, Boxall correu para tentar cortar, mas acabou tocando para o fundo das redes.

No segundo tempo, a Rússia seguiu na pressão, mas desperdiçou muitas chances de ampliar o marcador. Apenas aos 24 minutos o segundo gol saiu. Samedov cruzou rasteiro dentro da área, a defesa não conseguiu tirar e Smolov completou para as redes.

O duelo foi o único a ser realizado neste sábado. No domingo (18), Portugal e México, outros integrantes do Grupo A, se enfrentam às 12h (de Brasília), em Kazan. No mesmo dia, Camarões e Chile abrem a chave B, às 15h, em Moscou.

ABERTURA

Realizada cerca de duas horas e meia antes da primeira partida, a cerimônia de abertura não atraiu grande público. Para o duelo entre Rússia e Nova Zelândia foram vendidos 50.251 ingressos.

No evento prévio, no entanto, o que se viu foi uma série de cadeiras vazias, preenchidas conforme o horário do jogo ia se aproximando.

A cerimônia teve participação de mais de 2 mil profissionais. Ao fim do show, um "caminho" se criou pelo gramado, com as bandeiras dos países participantes da Copa das Confederações e os estádios onde serão realizadas as partidas.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".