Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ITÁLIA

Série B terá cartão verde para premiar respeito a valores do futebol

Série B terá cartão verde para premiar respeito a valores do futebol
06/09/2015 03:00 - Folhapress


Os árbitros da Série B do Campeonato Italiano poderão mostrar aos jogadores durante a temporada 2015-2016 um cartão verde que não servirá para penalizar, mas para premiar o respeito aos valores do fair play.

A Série B começa neste sábado (5) com o duelo entre Cesena e Brescia, mas será na terceira ou na quarta rodadas -disputadas nos dias 18 e 19, e 21 e 22 de setembro, respectivamente- que esta iniciativa entrará em vigor, segundo a imprensa italiana.

Com isso, além dos cartões tradicionais vermelho e amarelo, que punem atos antidesportivos, os juízes terão no bolso um verde que reconhecerá e premiará o bom comportamento esportivo.

"É uma iniciativa que quer servir de estímulo para o crescimento do jogo justo e respeito recíproco e aos valores do futebol", explicou o presidente da Série B, Andrea Abodi.

Os comportamentos serão premiados pelos árbitros, que mostrarão cartões verdes aos jogadores que fizerem ações "especiais", como por exemplo reconhecer que cometeram uma falta ou confessarem que se jogaram para simular terem sofrido uma falta.

Ao final do campeonato, o jogador com mais cartões verdes será premiado, segundo Abodi, embora sem determinar qual será o prêmio.

A iniciativa já foi testada em competições de base, mas é a primeira vez que será adotada em um campeonato de nível profissional.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.