Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Futebol

Sem convencer, Borja vira solução para decisão em pior momento no Palmeiras

21 JUL 2017Por FolhaPress10h:28

A partida decisiva contra o Cruzeiro, válida pelas quartas de final da Copa do Brasil, está marcada apenas para a próxima quarta-feira (26). No entanto, Cuca enfrenta um grave problema uma semana antes do duelo. Sem Willian, diagnosticado com uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, e Deyverson, que não pode ser inscrito, o treinador dependerá de Miguel Borja, que está longe de convencer o comandante verde.

A nova oportunidade, consequência do problema físico de Willian, que ficará fora por até seis semanas, surge no pior momento do colombiano com a camisa do Palmeiras.

Badalado antes de chegar pelo passado vitorioso com o Atlético Nacional-COL e o valor gasto (R$ 35 milhões), o camisa 9 hoje vive o oposto. Borja se tornou reserva de Willian, e os minutos em campo diminuíram desde a chegada do técnico Cuca, que ainda não encontrou a melhor maneira de arrancar o melhor do centroavante.

Fora da partida contra o Sport por suspensão (levou o terceiro amarelo no empate por 2 a 2 com o Flamengo, na quarta-feira), Borja chegará a Belo Horizonte com um jejum de sete partidas sem balançar as redes.

O último gol do colombiano ocorreu em 21 de junho, exatamente há um mês, contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão. Desde então foram apenas dois jogos como titular, e cinco como uma mera opção no banco a Willian, que, pelo contrário, apresenta bons números em 2017.

O ex-cruzeirense é o artilheiro do Palmeiras no ano (13 gols) e da Era Cuca (5); o camisa 29 ainda ocupa a liderança no número de jogos na temporada (41, empatado com Fernando Prass). Borja, por outro lado, tem 7 gols em 27 partidas com a camisa palmeirense.

O colombiano agora possui o caminho livre para virar o próprio destino dentro da Academia de Futebol, ainda mais pela concorrência iminente de Deyverson. O atacante recém-chegado do Alavés será preparado para ocupar o lugar de titular no dia 9, data da partida decisiva contra o Barcelona-EQU, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também