COPA AMÉRICA

Seleção começa a se apresentar na Granja Comary nesta quarta-feira

Preparação visa os jogos da Copa América Brasil 2019
21/05/2019 11:46 - AGÊNCIA BRASIL


 

A seleção brasileira de futebol, chefiada pelo treinador Tite (Adenor Leonardo Bacchi), começa a se apresentar no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Granja Comary, em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, a partir desta quarta-feira (22), para o início da preparação visando os jogos da Copa América Brasil 2019.

Além dos 23 jogadores convocados, formam ainda a delegação médicos, fisioterapeutas, roupeiros, massagistas, entre outros. De acordo com o planejamento da equipe técnica, na quinta-feira (23), às 16h, os jogadores iniciam a fase de treinamentos. O planejamento prevê, também, duas partidas amistosas contra o Catar e Honduras.

O Brasil enfrenta  a equipe do Catar no dia 5 de junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O jogo contra Honduras ocorrerá no dia 9 de junho, no Beira-Rio, em Porto Alegre. A viagem da seleção a Brasília está prevista para 4 de junho, às 21h30.

Como os jogadores convocados por Tite se apresentarão em datas diferentes durante a preparação, atletas jovens de vários clubes estarão na Granja Comary completando o grupo de jogadores para os treinos com bola. Eles permanecerão em Teresópolis de 23 a 29 de maio.

Foram chamados os goleiros Phelipe (Grêmio) e Yuri Sena (Vitória), os defensores Weverton (Cruzeiro), Morato (São Paulo), Nestor (São Paulo), Bruno Fuchs (Internacional) e Ramon (Internacional), os meias Alan (Palmeiras) e Gui Azevedo (Grêmio), além do atacante Martinelli (Ituano).

A estreia da seleção brasileira na Copa América será no dia 14 de junho, às 21h30, contra a Bolívia, no Morumbi, em São Paulo. Nessa fase de grupos, o Brasil enfrentará ainda a Venezuela e o Peru nos dias 18 e 22 de junho, respectivamente.

*Com informações da CBF

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".