Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRÃO

São Paulo vence o Avaí no Morumbi e entra no G4

20 OUT 19 - 18h:34ESTADÃO CONTEÚDO

O São Paulo derrotou o Avaí por 1 a 0, neste domingo, no Morumbi, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Arboleda marcou o gol da vitória no início do segundo tempo. O time de Fernando Diniz atuou quase toda a partida com um jogador a mais, depois que Brenner foi expulso ainda na etapa inicial.

O resultado leva o São Paulo aos 46 pontos, na quarta colocação, superando o rival Corinthians (44) na classificação, posto que não ocupava desde a 16ª rodada e, por ora, garantindo uma vaga diretamente na fase de grupos da Copa Libertadores, sem precisar disputar as etapas preliminares.

Foi a 12ª vitória do São Paulo no Brasileirão, a sétima como mandante. Com a derrota o Avaí permanece com 19 pontos, na penúltima colocação, 11 pontos atrás do Cruzeiro, 16º colocado, e primeiro clube fora da zona do rebaixamento. Na 28ª rodada, o São Paulo receberá o Atlético-MG, domingo, novamente, no Morumbi No mesmo dia, o Avaí tenta a reabilitação contra o Palmeiras, na Ressacada.

O JOGO - A presença de grandes ídolos de diferentes gerações no gramado do Morumbi antes do início do confronto não inspirou o time do São Paulo em campo. Antes da partida, o lateral Cafu recebeu uma placa comemorativa pelos 30 anos da sua estreia no clube, evento que contou com a participação de Kaká, Lugano e Raí.

Com a bola rolando, o São Paulo fez um primeiro tempo fraco e terminou vaiado por parte da torcida no Morumbi. Com uma posse de bola amplamente superior (78%) ao adversário, o time de Fernando Diniz empurrou o Avaí em seu campo de defesa, mas não conseguiu superar a retranca do adversário.

Para aumentar a insatisfação da torcida, o Avaí atuou boa parte do primeiro tempo com um jogador a menos, depois que Brenner foi expulso aos 22 minutos, por entrada violenta em Bruno Alves, em um lance que teve a interferência do árbitro de vídeo na aplicação do cartão vermelho.

Passes, muitos cruzamentos à área, poucas conclusões perigosas ao gol. A única chance criada pelo São Paulo aconteceu apenas aos 36 minutos, depois que Antony cruzou para a área, Vitor Bueno escorou de cabeça, mas Vladimir saiu do gol e se antecipou à conclusão de Alexandre Pato.

No início do segundo tempo, o São Paulo foi outro time. Rápido, dinâmico, ofensivo. No intervalo técnico Fernando Diniz colocou em campo Igor Gomes e sacou o zagueiro Bruno Alves, na medida que o adversário, que já não atacava, perdeu seu atacante expulso. A alteração e a postura dos jogadores mudou a história do jogo e em poucos minutos o São Paulo chegou ao gol.

A primeira chance aconteceu aos quatro minutos. Igor Gomes lançou Antony pela direita, ele entrou na área e rolou para Alexandre Pato, livre de marcação e sem goleiro à frente, chutar pela linha de fundo, para desespero da torcida e do próprio jogador com a oportunidade desperdiçada.

No lance seguinte, o São Paulo abriu o placar. Daniel Alves cobrou escanteio, Arboleda subiu mais que a zaga do Avaí e cabeceou no canto esquerdo de Vladimir. A bola ainda tocou na trave antes de balançar as redes. Foi o sexto gol do zagueiro equatoriano pelo São Paulo. Contra o Avaí ele completou seu centésimo jogo pelo clube.

Aos 12, Alexandre Pato chegou a marcar o seu gol, mas o árbitro anulou corretamente, anotando a posição de impedimento do atacante. Após os 15 minutos, o ritmo da partida caiu novamente e repetiu o panorama da primeira etapa. O Avaí com todos os jogadores no campo de defesa, protegendo a sua área, e o São Paulo, com posse de bola superior, mas sem encontrar espaços, tocando a bola sem objetividade.

O São Paulo só voltaria a levar perigo real aos 33. Após tabelar com Vitor Bueno, Pato finalizou e obrigou Vladimir a praticar grande defesa. No final do jogo, Alexandre Pato acabou substituído e recebeu um misto de aplausos e vaias dos torcedores, que não perdoaram a oportunidade desperdiçada, sem goleiro, no início da segunda etapa.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 x 0 AVAÍ

SÃO PAULO - iago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves (Igor Gomes), Arboleda e Léo; Luan, Tchê Tchê e Liziero (Hernanes); Antony, Alexandre Pato (Raniel) e Vitor Bueno. Técnico: Fernando Diniz

AVAÍ - Vladimir; Lourenço, Ricardo, Betão e Paulinho (Julinho); Luanderson, Richard Franco e Matheus Barbosa (Marquinhos Silva); Luan Pereira (Douglas), Brenner e Vinícius Araújo. Técnico: Evando Camillato.

GOL - Arboleda, aos cinco minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)

CARTÕES AMARELOS - Bruno Alves, Daniel Alves, Luan, Antony, Julinho e Richard Franco.

CARTÃO VERMELHO - Brenner.

RENDA - R$ 714,527,00.

PÚBLICO - 20.763 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Alessandro Rodrigo bate recorde em lançamento de disco em Dubai
ATLETISMO

Alessandro Rodrigo bate recorde em lançamento de disco em Dubai

Atleticano se desculpa por injúria e nega ser racista: 'Meu cabeleireiro é negro'
FUTEBOL

Atleticano se desculpa por injúria e nega ser racista: 'Meu cabeleireiro é negro'

Chileno que apitou final da Copa América será árbitro da decisão da Libertadores
FINAL

Chileno que apitou final da Copa América será árbitro da decisão da Libertadores

Fifa impõe limite de comissões e irrita empresários de jogadores
FUTEBOL

Fifa impõe limite de comissões e irrita empresários de jogadores

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião