Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Futebol

Reserva de Prass defende pênalti, e Palmeiras segura empate com Flamengo

20 JUL 2017Por FolhaPress07h:48

Jailson retomou o lugar de titular do Palmeiras em grande estilo. Com uma defesa em cobrança de pênalti no segundo tempo, e outras intervenções importantes durante toda a partida, o goleiro segurou o resultado de empate por 2 a 2 com o Flamengo, em confronto disputado na noite desta quarta-feira (19), na Ilha do Urubu, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Willian e Róger Guedes marcaram para o time alviverde, enquanto Pará e Guerrero balançaram as redes pelo Flamengo.

Apesar do alto nível do substituto de Fernando Prass, o resultado de igualdade é compartilhado com gosto amargo entre os dois times, que perdem a oportunidade de diminuir a desvantagem para o líder Corinthians, que ficou apenas no empate sem gols com o Avaí, mais cedo, em Florianópolis.

Com o empate, o Palmeiras permanece na quinta colocação com 23 pontos, dois a menos do que o Flamengo, o quarto colocado na tabela. O Santos, que bateu a Chapecoense por 1 a 0 também nesta quarta, chegou a 27. O Grêmio é vice-líder com 31.

As duas equipes retornam a campo no final de semana. O Flamengo permanece no Rio de Janeiro, onde enfrenta o Coritiba, no sábado, às 19h (de Brasília). O Palmeiras viaja até o nordeste o para encarar o Sport, domingo, na Arena Pernambuco.

O Flamengo começou conforme o esperado na Ilha do Urubu: pressão sobre o Palmeiras, movimentação constante no setor ofensivo e volume de jogo diante do estreante Jailson -1º jogo no Brasileirão.

Essa postura acabou presenteada logo aos 8min, quando Pará acertou belo chute e abriu o placar. Ao mesmo tempo, no entanto, o time rubro-negro cedeu espaços para o veloz ataque palmeirense, que soube aproveitar logo na primeira etapa.

Primeiramente com Willian, que marcou aos 31min após receber passe de Zé Roberto. Onze minutos mais tarde foi a vez de Roger Guedes virar em um contra-ataque puxado graças a um lançamento de Mina.

A vantagem palmeirense só não ficou grande porque o Flamengo alcançou a igualdade antes do intervalo em um golaço de Guerrero.

Na etapa final, a grande chance de vitória esteve com o Flamengo em um pênalti cometido por Michel Bastos em cima do recém-contratado Geuvânio. Mas a cobrança de pênalti de Diego parou nas mãos de Jaílson, que saltou bem no canto esquerdo.

Depois de Diego desperdiçar a chance de vitória, Zé Ricardo precisou abdicar do padrão Flamengo para buscar a vitória. Jogador importante para o funcionamento do time no meio-campo, na visão do treinador, Márcio Araújo deixou o jogo próximo ao fim para a entrada de Berrío.

Com o colombiano, o clube carioca procurou acuar o Palmeiras, que se fechou para buscar novos contra-ataques.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também