Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 05h45min

COPA DO BRASIL 2018

Premiação da CBF é suficiente para pagar quase folha do ano inteiro da Corumbaense

8 FEV 18 - 16h:35RAFAEL RIBEIRO

A vitória por 1 a 0 sobre o ASA (AL), na primeira fase da Copa do Brasil, na última quarta-feira (7), com um gol de falta aos 44 minutos do segundo tempo, trouxe mais do que êxito esportivo ao Corumbaense.

Somadas as cotas da primeira e segunda fase da competição, o R$ 1,1 milhão ganho seria suficiente para pagar quase toda a folha salarial do clube, avaliada em cerca de R$ 100 mil mensais, até o final do ano.

"Esse dinheiro vai ser muito bem vindo", disse o presidente do Carijó da Avenida, Luiz Bosco. "É um respiro importante. As taxas na Copa do Brasil são altas. Só de arbitragem eu paguei R$ 17 mil ontem (quarta-feira). Nos dá um respiro", disse.

No planejamento estipulado pela diretoria do clube, parte da bolada será usada para quitar uma dívida trabalhista com um ex-jogador pela qual o clube foi condenado na Justiça, de R$ 320 mil - herança de administrações anteriores. 

O time alvinegro terá agora pela frente o Vitória, na próxima quinta-feira (15), às 18h15 (de MS), na segunda fase, no Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Novamente o confronto será em partida única. O empate, no entanto, levará a decisão para a disputa por pênaltis e não mais dá a classificação ao visitante.

No planejamento, o Corumbaense sonha. Uma hipotética classificação acumularia mais R$ 1,4 milhão na conta. Fora a oportunidade de arrecadação com patrocínio pontual. O jogo na capital baiana será transmitido para todo o Brasil na TV por assinatura.

"De vez em quando Davi vence Golias", diz Bosco, citando a conhecida fábula bíblica do pequeno que venceu o gigante. Na Bahia de todos os santos, conhecida por seu misticismo, onde "macumba deixaria o campeonato empatado", como disse o celébre Evaristo de Macedo, nada é impossível para o Carijó da Avenida.

"Nossa prioridade é o Campeonato Estadual e o acesso na Série D. Vamos entrar para disputar os dois torneios. Mas nadsa impede que façamos um bom papel em Salvador. Oxalá temos sorte. Seria a coroação de nosso projeto", disse o dirigente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUTEBOL 2019

STJD suspende resultado de Aparecidense x Ponte na Copa do Brasil até julgamento

Cuca diz que pretende antecipar início do trabalho no São Paulo
FUTEBOL 2019

Cuca diz que pretende antecipar início do trabalho no São Paulo

Santos adota cautela em negociações para ter Pato
FUTEBOL 2019

Santos adota cautela em negociações para ter Pato

Na Moldávia, lutador de MS é finalizado e perde invencibilidade
MMA

Na Moldávia, lutador de MS é finalizado e perde invencibilidade

Mais Lidas