terça, 17 de julho de 2018

CAMPEONATO BRASILEIRO

Ponte Preta aproveita má pontaria do Flamengo e vence

O Rubro-Negro foi melhor durante quase os 90 minutos, mas a Ponte foi mais feliz

9 AGO 2015Por PORTAL TERRA18h:01

O Flamengo foi a Campinas na tarde deste domingo (9) para enfrentar a Ponte Preta pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro foi melhor durante quase os 90 minutos, e criou várias oportunidades de gol, mas a Ponte foi mais feliz conseguiu marcar numa cobrança de escanteio e saiu com a vitória por 1 a 0. O zagueiro Pablo foi o autor do gol da Macaca.

A vitória na estreia do técnico Doriva fez com que a Ponte ultrapassasse o Flamengo na tabela. Os três pontos fizeram os campineiros ir dos 19 aos 22 pontos, enquanto os cariocas se mantiveram com 20.

Na próxima rodada, o Flamengo buscará a recuperação diante do Atlético Paranaense, quarta-feira, no Maracanã. Já a Ponte volta a jogar em Campinas na quinta, contra o Avaí.

O jogo – A partida no Moisés Lucarelli começou quente. A Ponte adotou uma postura de respeito em relação aos nomes do ataque do Flamengo e chegou inclusive a fazer marcação individual em cima de Paolo Guerreiro. Os comandados de Doriva tentavam se fechar atrás e partir sempre em velocidade.

O Flamengo tinha mais posse de bola e também tentava fazer jogadas rápidas para furar o bloqueio da Macaca. Guerrero foi o primeiro a arriscar de fora da área, mas a bola passou longe. Aos quatro minutos, entretanto, o peruano rolou para Emerson sheik e o atacante soltou a bomba da intermediária, fazendo a bola passar perto do travessão.

A Ponte mostrou suas armas aos seis minutos numa boa jogada de Fernando Bob. O meia enfiou na medida para Gilson, entre a zaga do Fla. César saiu em cima do atacante e evitou o gol num lance de coragem.

O Rubro-Negro tomou mais a iniciativa e encurralou a Ponte em seu campo. Aos 25, Alan Patrick sofreu falta na ponta direita. Ele mesmo cobrou e levantou na área. Guerrero foi mais rápido que seu marcador e acertou uma cabeçada na trave.

Dois minutos depois a pressão do Fla resultou num bate rebate e várias tentativas em gol, na última Márcio Araújo pegou mal na bola e ela saiu pela linha de fundo.

O técnico Doriva, preocupado, pediu que sua equipe saísse lá de trás, e a Ponte respondeu aos 31. Bady recebeu na linha média, avançou até a intermediária e enfiou para Felipe Azevedo na direita do ataque. O meia cortou para o pé esquerdo dentro da área e foi travado na hora da conclusão por César Martins.

Aos 41, o Fla esteve mais uma vez perto de abrir o placar em Campinas. Jogada do lateral Jorge pela esquerda, ele rola para Everton, que toca para Sheik quase sem ângulo acertar a trave. A bola segue para o outro lado da área e Guerrero perde o gol ao mandar por cima do travessão.

No intervalo, Cristóvão Borges sacou Alan Patrick para a entrada de Luiz Antônio. A alteração não mudou o panorama do jogo. Logo aos dois minutos, Márcio Araújo roubou uma bola no meio, tabelou com Luiz Antônio e achou Guerrero livre na frente. O atacante avançou e mandou um balaço, mas Marcelo Lomba fez excelente defesa e impediu o gol.

O Fla seguia com maior volume de jogo, e aos 18 o gol quase saiu. Jorge fez jogada de efeito pela ponta esquerda, entrou na área e rolou para o meio. A bola passou por Lomba e sobrou no pé direito de Sheik, quase debaixo da linha. A conclusão saiu meio prensada e tirou tinta da trave.

Mesmo melhor em campo o Flamengo foi punido na bola parada aos 25. Biro Biro cobrou escanteio e Pablo subiu mais que a zaga para cabecear. A bola desviou em Márcio Araújo e enganou César. Ponte 1 a 0.

Cristóvão tenta reforçar o ataque e tira Márcio Araújo para a entrada de Gabriel. O Fla, mesmo sem a mesma organização de antes, tenta pressionar. Aos 35, Luiz Antônio tenta de fora da área e acerta uma bomba, mas novamente Marcelo Lomba salva a Ponte.

Aos 43, Everton cruza da esquerda para Guerrero, mas o cabeceio sai sem força e Lomba não teve dificuldades para fazer a defesa.

FICHA TÉCNICA 
PONTE PRETA 1 X 0 FLAMENGO

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP) 
Data: 9 de agosto de 2015, domingo 
Hora: 16h (de Brasília) 
Renda: R$ 353.830,00 
Público: 11.694 pagantes 
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA) 
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Ivan Carlos Bohn (PR) 
Cartões amarelos: Pablo, Renato Chaves (Ponte); Everton, Jorge, Luiz Antônio, Guerrero (Fla)

PONTE PRETA: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Felipe Azevedo, Bady (Cesinha) e Biro Biro (Elton); Borges (Diego Oliveira) 
Técnico: Doriva

FLAMENGO: César, Pará, Cesar Martins, Wallace e Jorge; Márcio Araújo (Gabriel), Hector Canteros, Alan Patrick (Luiz Antônio) e Everton; Emerson e Guerrero 
Técnico: Cristóvão Borges

Leia Também