Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

RIO-2016:

É 'prematuro' dizer que velejador contraiu infecção em água

Atleta disse que foi internado depois de evento na Baía de Guanabara

29 AGO 15 - 15h:31FOLHAPRESS

O Comitê Rio-2016 informou que é "prematuro" afirmar que a infecção apresentada pelo velejador alemão Erik Heil "seja resultante do contato com a água na baía de Guanabara".

Nesta sexta-feira (28), o velejador disse que foi internado em Berlim por causa de inflamação nas pernas e no quadril. Heil ganhou a medalha de bronze na classe 49er no evento teste dos Jogos do Rio, encerrado no dia 22 na baía. Participaram das regatas 326 atletas e 68 técnicos que entram na água.

De acordo com os médicos que cuidaram do atleta, o caso se trata de uma infecção causada por bactérias e aguarda os resultados do exame para definir se a água da baía causou o problema.

Segundo o site Sail-World, Heil foi submetido a uma cirurgia para remover as bactérias, sendo quatro delas na perna e uma no quadril, todas "muito dolorosas e sem anestesia". O velejador disse que constatou uma das inflamações durante o evento no Rio, já as outras apareceram no seu país.

O Comitê Rio-2016 informou que Heil não esteve no posto médico instalado no local da competição.

"Continuamos acompanhando o caso com a Associação Alemã de Vela. Seguimos também monitorando, em conjunto com a Federação Internacional de Vela [Isaf], o trabalho desenvolvido pelo governo estadual para que as medidas já anunciadas para dar qualidade à água da Baía de Guanabara sejam executadas no prazo, assegurando as boas condições das raias de competição durante os Jogos Rio 2016", disse em nota o comitê.

Na noite da penúltima segunda-feira (17), o coreano Wonwoo Cho teve febre, vomitou e ficou desidratado após participar de uma regata da classe RSX. Ele foi levado ao hospital Samaritano, não disputou as regatas de terça (18), mas voltou para a água na quarta (19).

O técnico coreano Danny Ok atribuiu à água da baía o mal-estar do velejador.

O brasileiro Ricardo Winicki, o Bimba, criticou o treinador. Bimba disse que é comum atletas contraírem doenças em competições no exterior. Ele disse considerar que houve exagero por parte de Ok, que publicou um texto no Facebook e foto de Cho numa maca.

O chefe de competição da Isaf (Federação Internacional de Vela), Alastair Fox, pediu teste de qualidade diário durante o evento-teste da Olimpíada da competição de vela.

A qualidade da água é alvo de questionamento desde a escolha do Rio como sede da Olimpíada. No mês passado, reportagem da AP (Associated Press) mostrou que os níveis de vírus presentes nos locais de competição da baía eram altos.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) afirmou que as águas nas raias de competição são seguras. A presidente da comissão de coordenação do COI para os Jogos de 2016, a marroquina Nawal El Moutawakel, prometeu mergulhar na baía na Olimpíada.

"Nosso maior compromisso é que os atletas tenham condições de competir no Rio com ampla segurança", acrescentou o Comitê Rio-2016 na nota.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro
FLAMENGO

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro

Flamengo recorrerá de decisão favorável às famílias da tragédia no CT
NINHO DO URUBU

Flamengo recorrerá de decisão favorável às famílias da tragédia no CT

Brasil supera Argentina e conquista sul-americano sub-15 de futebol
SELEÇÃO MASCULINA

Brasil supera Argentina e conquista sul-americano sub-15 de futebol

Após reunião no Santos, Sampaoli mantém suspense e diz que 'talvez' continue
TÉCNICO

Após reunião no Santos, Sampaoli mantém suspense e diz que 'talvez' continue

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião