Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRÃO

Para escapar da pressão da torcida, Cruzeiro evita o retorno a Belo Horizonte

a equipe permaneceu no Rio de Janeiro nesta terça-feira e vai treinar no CT do Fluminense

3 DEZ 19 - 11h:10ESTADÃO CONTEÚDO

Depois da derrota para o Vasco, resultado que aumentou os riscos de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro decidiu mudar a sua programação de treinos. Para evitar eventuais protestos da torcida em Belo Horizonte, a equipe permaneceu no Rio de Janeiro nesta terça-feira e vai treinar no CT do Fluminense. À noite, a equipe viaja para Porto Alegre. Nesta quarta, o treinamento será no CT do Internacional, o último antes de pegar o Grêmio, na quinta, pela 37.ª e penúltima rodada.


Com a semana fora da capital mineira, a equipe espera encontrar tranquilidade para superar o momento difícil. Na última rodada, no domingo, o time enfrenta o Palmeiras, em casa. Um dos mais experientes do grupo, o atacante Fred revela que tem pedido aos companheiros para evitarem exposição fora de campo.

"Tivemos tantas polêmicas no ano. Eu, experiente e vivido no futebol, estou pedindo para todo mundo se blindar, se filtrar de todas as coisas que expõe a gente, nós jogadores, nossa família. É ruim para todo mundo. Nós estamos fechados aqui no vestiário. Vamos continuar dando a vida. Esse é o pensamento para tentar sair dessa", disse o centroavante de 36 anos.

Logo após a derrota em São Januário, o treinador Adilson Batista pediu respeito à história do clube e reafirmou a necessidade de vitória no Rio Grande do Sul. "Eu quero respeito ao Cruzeiro, quero carinho pelo Cruzeiro, quero dedicação pelo Cruzeiro. É o mínimo que o torcedor espera. A gente precisa respeitar a instituição, que é muito grande", afirmou em entrevista coletiva na noite de segunda-feira.

"É lamentar e reagir o mais rápido possível. Sabemos do que necessitamos. Temos seis pontos para jogar, precisamos ir em Porto Alegre e fazer o jogo da vida, como era hoje (segunda-feira). E continuar acreditando. Sei que é difícil, existe cobrança, tem o lado emocional, mas passo para que mantenham discernimento, concentração, motivação, respeito pela instituição", finalizou.

A situação do Cruzeiro não é nada fácil. O time está em 17.º lugar com 36 pontos, a dois do Ceará, primeiro fora da degola. Faltando duas rodadas para o final do torneio, o clube mineiro não depende mais de seu próprio esforço para escapar do primeiro rebaixamento de sua história. Para se salvar, o time conta com um tropeço do Ceará, que se somar quatro pontos nas duas últimas rodadas ficará na Série A.

Existe o risco de o Cruzeiro ser rebaixado na próxima rodada. Se o time nordestino empatar contra o Corinthians nesta quarta-feira, às 19h15, na Arena Castelão, em Fortaleza, o Cruzeiro obrigatoriamente precisa evitar uma derrota contra o Grêmio, em Porto Alegre, na quinta.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia de Manchester prende suspeito por ofensas racistas contra Fred, do United
ESPORTE

Polícia de Manchester prende suspeito por ofensas racistas contra Fred, do United

Goiás vence time alternativo do Grêmio; Santos goleia o campeão Flamengo
BRASILEIRÃO

Goiás vence time alternativo do Grêmio; Santos goleia o campeão Flamengo

Cruzeiro perde para o Palmeiras, cai para a Série B e revolta torcedores
BRASILEIRÃO

Cruzeiro perde para o Palmeiras, cai para a Série B e revolta torcedores

Última rodada do Brasileirão traz briga para fugir do rebaixamento
FUTEBOL

Última rodada do Brasileirão traz briga para fugir do rebaixamento

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião