Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CLÁSSICO

Palmeiras vence São Paulo e mantém tabu contra o rival no seu estádio

Em jogo no Allianz Parque, time de Mano Menezes fez 3 a 0 e Tricolor segue sem vencer o Verdão em sua casa

31 OUT 19 - 08h:38AGÊNCIA ESTADO

O Palmeiras ganhou do São Paulo por 3 a 0, na noite de quarta-feira (30), e ampliou a freguesia do rival no Allianz Parque. Em nove clássicos disputados no reformado estádio, são oito vitórias da equipe alviverde e um empate.


Com o resultado, o Palmeiras segue na difícil caça ao Flamengo, com 60 pontos, a sete do líder. O São Paulo, por sua vez, permanecerá na quarta colocação independentemente das outras partidas da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos.

Além de manter o tabu em sua casa, o Palmeiras igualou a maior sequência invicta sobre o São Paulo no geral. São nove jogos sem perder, assim como aconteceu entre 1975 e 1977. Em relação ao retrospecto total, os clubes divergem por causa de diferentes critérios. Nas contas do São Paulo, agora quem tem mais vitórias é o Palmeiras, com 109, contra 108 triunfos do time tricolor, além de 102 empates. Nas contas do Palmeiras, são 108 vitórias do São Paulo, 106 triunfos alviverdes e 102 empates.

No clássico desta quarta-feira, o Palmeiras massacrou o rival. O placar poderia ter sido até maior, tamanha a facilidade para a equipe alviverde criar jogadas de perigo. O sistema defensivo do São Paulo teve uma noite péssima. No ataque, o time só assustou em chutes de fora da área de Vitor Bueno.

A vitória do Palmeiras começou a ser construída ainda aos 11 minutos. Dudu foi lançado pela direita, Arboleda se atrapalhou e a bola sobrou para Deyverson, que chutou. Tiago Volpi defendeu, mas Bruno Henrique chegou para completar no rebote de cabeça e abrir o placar.

O Palmeiras só ampliou aos 41 minutos, com Felipe Melo, de cabeça, após escanteio cobrado por Dudu. O intervalo entre os gols, no entanto, poderia ter sido muito menor. A equipe alviverde cansou de criar boas chances. Tiago Volpi e a trave salvaram e Deyverson chegou a marcar um golaço em lance que já estava parado pelo árbitro.

Para o segundo tempo, Fernando Diniz deslocou Daniel Alves para o meio de campo. A equipe até foi melhor nos primeiros minutos, mas o Palmeiras encaixou um contra-ataque perfeito aos 11. Depois de escanteio, Zé Rafael carregou e enfiou para Gustavo Scarpa sair na cara de Volpi e tocar com calma para o fundo da rede.

Após o terceiro gol, o ritmo do clássico diminuiu. O São Paulo permanecia com a bola, mas não encontrava espaço na zaga alviverde. O Palmeiras, fechado, estava satisfeito com o resultado e não mostrava mais tanta força nos contra-ataques. Mano Menezes fez as três substituições para poupar os jogadores que pareciam estar mais desgastados. Fernando Diniz ainda tentou mudar seus atletas ofensivos, mas a equipe continuou sem inspiração.

Os minutos finais do clássico foram arrastados, com exceção de dois contra-ataques do Palmeiras e uma bola na trave de Raniel. A torcida alviverde nem ligou para as chances perdidas no fim: cantou olé e celebrou mais uma vitória do vice-líder do Brasileirão. Para o São Paulo, o placar até que ficou barato pela quantidade de oportunidades criadas pelo rival no primeiro tempo.

Os rivais voltarão a jogar no sábado, quando o Palmeiras receberá o Ceará na sua arena, enquanto o São Paulo vai visitar a Chapecoense, na Arena Condá.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com dores musculares, Pablo Marí e Vitinho desfalcam o Flamengo contra o Grêmio
LÍDER

Com dores musculares, Pablo Marí e Vitinho desfalcam o Flamengo contra o Grêmio

FÓRMULA 1

Pole em Interlagos, Verstappen sonha com vitória para se redimir de erro em 2018

Piloto disse que adquiriu experiência e está confiante para este domingo
Time feminino do Corinthians encerra temporada histórica
FUTEBOL

Time feminino do Corinthians encerra temporada histórica

Hamilton lidera último treino livre em Interlagos
F1

Hamilton lidera último treino livre em Interlagos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião