Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

PAULISTA

Palmeiras vence, garante classificação e complica situação do São Paulo

16 MAR 19 - 18h:31FOLHAPRESS

No estádio do Pacaembu neste sábado (16), o São Paulo recebeu o Palmeiras pressionado na tabela e perdeu para o rival por 1 a 0, um golaço de Carlos Eduardo aos 34 do segundo tempo.

Se a equipe tricolor teve domínio do jogo no primeiro tempo, criando mais chances que o adversário, a derrota concretizada já na parte final da partida complica o clube na classificação.

Com 14 pontos, o São Paulo é atualmente o segundo colocado do Grupo D, três pontos atrás do Ituano, mas pode ser ultrapassado pelo Oeste, caso este vença o Corinthians no domingo (17).

Almejar a liderança é ainda mais difícil, já que o clube pode apenas empatar empontos com o primeiro colocado do grupo e precisaria tirar uma diferença de cinco gols de saldo.

Na última rodada, o time comandado por Vagner Mancini terá a difícil missão de vencer o São Caetano fora de casa e que briga contra o rebaixamento, enquanto o Oeste recebe o também ameaçado da degola Mirassol.

A torcida presente no estádio e que aplaudiu o time na saída para o intervalo terminou o jogo protestando contra os atletas, contra a diretoria e xingando o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Já do lado palmeirense, a vitória não só manteve o tabu (são agora 10 jogos sem perder para o rival no Paulista), como também classificou a equipe, atualmente líder do Grupo B.

Na última rodada, o Palmeiras receberá a Ponte Preta. Um empate bastará para garantir o primeiro lugar do grupo e a vantagem de decidir em casa o duelo das quaras de final, que será contra Novorizontino ou Guarani.

Foram 17.755 pagantes para um total de 19.208 presentes para prestigiar o Choque-Rei. A renda foi de R$ 689.900,00.

SÃO PAULO

Tiago Volpi, Igor Vinícius, Arboleda, Ardeson Martins e Reinaldo (Leo); Luan (Everton Felipe), Hudson e Hernanes (Brenner); Antony, Pablo e Gonzalo Carneiro
T.: Vagner Mancini

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Antônio Carlos e Victor Luís; Felipe Melo, Moisés (Bruno Henrique) e Ricardo Goulart; Dudu (Jean), Gustavo Scarpa e Borja (Carlos Eduardo)
T.: Luiz Felipe Scolari

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público/Renda: 17.755 mil torcedores/19.208 mil torcedores
Renda: R$ 689.900,00
Cartões amarelos: Pablo e Anderson Martins (São Paulo); Moisés, Gustavo Gómez, Antônio Carlos e Borja (Palmeiras)
GOL: Carlos Eduardo, aos 34 minutos do segundo tempo (Palmeiras)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUTEBOL

Inter de Milão tropeça de novo e perde ponta do Italiano para a Juventus

Luxemburgo é o novo técnico do Palmeiras e retorna pela quinta vez ao clube
FUTEBOL

Luxemburgo é o novo técnico do Palmeiras e retorna pela quinta vez ao clube

Mesmo com Camilo em 1º, Daniel Serra conquista o tricampeonato em Interlagos
STOCK CAR

Mesmo com Camilo em 1º, Daniel Serra conquista o tricampeonato em Interlagos

Palmeiras anuncia fim das negociações para contratar Sampaoli
FUTEBOL

Palmeiras anuncia fim das negociações para contratar Sampaoli

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião