Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campeonato Brasileiro

Palmeiras vence a Ponte Preta por 2 a 1
e alcança terceira vitória seguida

25 JUN 17 - 18h:41FolhaPress

O Palmeiras derrotou a Ponte Preta por 2 a 1 neste domingo (25) pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Com o embalo obtido pela terceira vitória consecutiva no torneio, o Palmeiras chegou a 16 pontos, deu um salto na tabela e alcançou provisoriamente a terceira colocação.

O campeonato, entretanto, está embolado. Apenas seis pontos separam a zona de classificação para a Copa Libertadores da zona de rebaixamento.

A Ponte permanece na parte intermediária da tabela, com 14 pontos.

A partida começou com muita dificuldade de armação para ambas as equipes. Nos primeiros minutos, a Ponte Preta ameaçou com algumas chegadas ao ataque e até adiantou sua linha de marcação.
Com a defesa adversária avançada, o Palmeiras começou a chegar mais vezes à área da Ponte através de contra-ataques. Aos 22 minutos, a equipe visitante quase marcou com o atacante Roger Guedes.

As equipes pouco criaram ofensivamente e a partida só esquentou no fim da primeira etapa. Aos 38 minutos, o venezuelano Alejandro Guerra abriu o placar para o Palmeiras após receber lançamento de Tchê Tchê, avançar e chutar na saída do goleiro Aranha.

Os palmeirenses mal tiveram tempo para comemorar. Dois minutos depois, o atacante Lucca recebeu passe de Cajá e fez um belo gol ao chutar com efeito contra a meta de Fernando Prass. É o quinto jogo consecutivo que o vice-artilheiro do campeonato marca no estádio.

A irritação do técnico Cuca com o empate permitido por sua equipe também durou pouco. Aos 45 minutos, Guerra novamente colocou o Palmeiras à frente. Após receber passe do estreiante Gabriel Furtado, Erik ajeitou de calcanhar para o venezuelano chutar no canto de Aranha.

Na etapa final, o Palmeiras não conseguiu repetir o mesmo desempenho. Não conseguindo segurar a bola, poucas chances foram criadas.

Em vez de gols, o segundo tempo foi marcado por brigas -foram seis cartões amarelos e três vermelhos somente nos 45 minutos finais. Renato Cajá e Rodrigo, pela Ponte, e Tchê Tchê, pelo lado palmeirense, foram os expulsos.

A Ponte terá os próximos dias para se dedicar à partida contra o Sol de América, do Paraguai, pela Copa Sul-americana, na quinta-feira (29).

O Palmeiras, agora mais tranquilo no campeonato com a sequência positiva, volta a campo contra o Cruzeiro, na quarta (28), pela Copa do Brasil.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Já campeão, Brasil atropela Itália e termina invicto campanha no Japão
VOLÊI

Já campeão, Brasil atropela Itália e termina invicto

Após racismo nas Eliminatórias da Euro, Uefa prega 'guerra aos racistas'
FUTEBOL 2019

Após racismo nas Eliminatórias da Euro, Uefa prega 'guerra aos racistas'

Corinthians aposta em conciliação com a Caixa em audiência do dia 29
FUTEBOL 2019

Corinthians aposta em conciliação com a Caixa em audiência do dia 29

Daniel Alves e Juanfran são dúvidas no São Paulo para jogo contra o Cruzeiro
BRASILEIRÃO

Daniel Alves e Juanfran são dúvidas no São Paulo para jogo contra o Cruzeiro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião