Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CAMPO GRANDE

Organizada do Flamengo prepara festa para 3 mil torcedores

Na Raça Rubro-Negra, preparativos para final da Libertadores já começaram

22 NOV 19 - 12h:52DAIANY ALBUQUERQUE

A torcida organizada do Flamengo em Campo Grande, a Raça Rubro-negra, espera receber cerca de 3 mil torcedores, no sábado, para acompanhar a final da Copa Libertadores da América entre o time carioca e o argentino River Plate. A partida começa às 16h (horário de Mato Grosso do Sul) e, para organizar essa festa, os responsáveis estão há 15 dias planejando a ação.

Na manhã desta quinta-feira, o presidente da torcida na Capital, Jean Rezende, esteve na sede para receber as bebidas que serão comercializadas no dia do jogo. Para este sábado, foram compradas mais de 700 caixas de bebidas, entre cervejas, refrigerantes e água.

“Compramos o triplo, mais ou menos, que compramos normalmente”, declarou o fundador da torcida em Campo Grande, Jean dos Santos Marques. Segundo ele, no sábado, serão dispostos mais de 12 freezers para comportar as bebidas.

Ao todo, 19 pessoas participaram desses 15 dias de organização para o evento. Entre sexta-feira e sábado algumas pessoas da torcida vão, inclusive, dormir na sede da Raça. No dia do jogo os preparativos devem começar cedo, às 8h eles devem iniciar a arrumação do local, que abre as portas para receber o público a partir das 13h.

ESTRUTURA

Serão dois telões de LED, um do lado de dentro da torcida organizada e um segundo do lado de fora. “Acionamos a Agetran [Agência Municipal de Transporte e Trânsito], a prefeitura e a Polícia Militar. Teremos um telão de LED de quatro metros por dois metros, um DJ tocando até as 22h, grupo sertanejo e estamos vendo um de samba também. Esperamos mais de 3 mil pessoas, mas não deixaremos encher muito, para segurança e acomodação dos sócios e simpatizantes”, contou Santos.

A Agetran confirmou que vai fechar a rua em frente à sede, na rua Brilhante, entre avenida Ernesto Geisel e rua General Reveilleau. A interrupção do trânsito começa às 11h e seguirá até as 21h. A entrada para a sede da torcida é de R$ 5 mais 1 kg de alimento não perecível, que depois serão doados pelo grupo. 

“Todo ano fazemos, pelo menos, quatro ações sociais. Em bairro, favela, locais que estavam precisando. Vamos ver o que será arrecadado, comprar mais e arrecadar mais nos outros jogos que restam do Brasileiro, para fazer cestas básicas e entregar no Natal”, contou Rezende.

Além da sede da torcida, a Agetran informou que também vai monitorar a Afonso Pena. “A fim de evitar possíveis congestionamentos caso ocorra aumento expressivo no fluxo de veículos e pedestres”, já que é tradição dos campo-grandenses comemorar títulos na via. 

Para quem não conseguir entrar no espaço da torcida, alguns bares e restaurantes já estão convidando os torcedores flamenguistas para assistirem ao jogo em suas dependências.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUTEBOL

Inter de Milão tropeça de novo e perde ponta do Italiano para a Juventus

Luxemburgo é o novo técnico do Palmeiras e retorna pela quinta vez ao clube
FUTEBOL

Luxemburgo é o novo técnico do Palmeiras e retorna pela quinta vez ao clube

Mesmo com Camilo em 1º, Daniel Serra conquista o tricampeonato em Interlagos
STOCK CAR

Mesmo com Camilo em 1º, Daniel Serra conquista o tricampeonato em Interlagos

Palmeiras anuncia fim das negociações para contratar Sampaoli
FUTEBOL

Palmeiras anuncia fim das negociações para contratar Sampaoli

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião