FUTEBOL 2019

Messi lidera lista de atletas mais bem pagos do mundo; Neymar é 3º

Cristiano Ronaldo é o segundo colocado
12/06/2019 07:26 - RAFAEL RIBEIRO


 

O craque Lionel Messi se tornou o atleta mais bem pago do mundo em 2019, segundo levantamento publicado pela revista Forbes nesta terça-feira. O argentino assume o posto que até o ano passado era do pugilista norte-americano Floyd Mayweather, aposentado dos ringues.

Cristiano Ronaldo é o segundo colocado, enquanto Neymar figura na terceira posição. O trio representa os únicos jogadores de futebol entre os 40 primeiros nomes da lista. Para chegar ao valor total dos ganhos, a Forbes considerou salários e patrocínios arrecadados pelos profissionais.

Há outros nove jogadores de futebol no top-100: Pogba (44º), Iniesta (46º), Alexis Sánchez (53º), Mbappé (55º), Ozil (57º), Oscar (66º), Griezmann (75º), Bale (79º) e Salah (98º).

O basquete, com 35 atletas, é a modalidade com o maior número de representantes na relação. O futebol americano aparece logo em seguida, com 19 jogadores.

Os Estados Unidos dominam a lista com 62 atletas. Entre os 38 estrangeiros, dois são brasileiros: Neymar e Oscar. Aos 20 anos, o atacante do Paris Saint-Germain, Mbappé, é o mais jovem profissional presente na relação. O mais velho é o golfista norte-americano Phil Mickelson (43).

Veja os 10 primeiros colocados na lista da Forbes:

1 – Lionel Messi (futebol): 127 milhões de dólares (92 em salários e 35 em patrocínios)
2 – Cristiano Ronaldo (futebol): 109 milhões de dólares (65 em salários e 44 em patrocínios)
3-Neymar (futebol): 105 milhões de dólares (75 em salários e 30 em patrocínios)
4 – Canelo Alvarez (boxe): 94 milhões de dólares (92 em salários e 2 em patrocínios)
5 – Roger Federer (tênis): 93,4 milhões de dólares (7,4 em salários e 86 em patrocínios)
6 – Russell Wilson (futebol americano): 89,5 milhões de dólares (80,5 em salários e 9 em patrocínios)
7 – Aaron Rodgers (futebol americano): 89,3 milhões de dólares (80,3 em salários e 9 em patrocínios)
8 – LeBron James (basquete): 89 milhões de dólares (36 em salários e 53 em patrocínios)
9 – Stephen Curry (basquete): 79,8 milhões de dólares (37,8 em salários e 42 em patrocínios)
10 – Kevin Durant (basquete): 65,4 milhões de dólares (30,4 em salários e 35 em patrocínios)

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".